Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

No sudeste do Pará, Dr. Felipe quer investir em infraestrutura

Região é uma das mais importantes para a economia do Estado, diz o candidato

Elisa Vaz

Grande parte das problemáticas do Pará seria resolvida com investimentos na infraestrutura de Marabá, município no sudeste do Estado. É o que diz o candidato ao governo Dr. Felipe (PRTB), entrevistado nesta quinta-feira (22) pelo Grupo Liberal. Na avaliação dele, a cidade é muito importante e desenvolvida, mas está abandonada.

"É um polo importante, tem hospital regional, na saúde grande parte das cidades resolve os problemas em Marabá. Mas a região está em total abandono, o governo foi ausente. Tem que ter uma sede de governo mais próxima, e seria em Marabá. Pensar na geração de emprego na região. Tem siderúrgicas que eram atuantes, são 11, só uma funcionando. Tem que resolver o Pedral do Lourenço, proposta que existe há oito anos e ninguém iniciou esse projeto. Isso desenvolveria bastante a região sudeste", avaliou. O candidato defendeu ainda a criação de novas estradas e criticou o atual governo: "A preocupação é se manter no poder".

VEJA MAIS

Dr. Felipe defende escolas cívico-militares como ação para melhorar a segurança
Candidato ao Governo do Pará falou sobre suas propostas para as diferentes áreas

Candidato ao governo do Pará, Dr. Felipe diz que tem sofrido perseguições
O médico de 37 anos nunca concorreu a um cargo político e está filiado à sigla há apenas três anos

Dr. Felipe quer estimular atuação de novas mineradoras no Pará
Segundo ele, que é candidato ao governo este ano, esta atividade tem capacidade de gerar renda ao Estado

Reveja a entrevista:

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA