'Não há menor possibilidade de delação premiada', diz advogado de Anderson Torres

Há rumores de que o ex-ministro poderia fazer delação ou depoimento que complicasse o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL)

O Liberal

Na tarde desta terça-feira (17), o advogado de Anderson Torres, Rodrigo Roca, disse em entrevista que não há qualquer possibilidade de o ex-ministro da Justiça e ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal (DF) realizar uma delação premiada. "Não há a menor possibilidade de delação premiada pelo fato de que não há o que ser delatado", afirmou. As informações são da CNN Brasil.

Essa afirmação de que Torres não pretende delatar ocorre em meio a rumores de que o ex-ministro poderia promover uma delação ou um depoimento que complicasse o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e outros integrantes do seu governo. Mas, segundo outros interlocutores de Torres, ele teria dito antes de ser preso descartar qualquer possibilidade de acusar Bolsonaro de alguma participação nos atos criminosos de 8 de janeiro.

Uma das informações desses interlocutores, por exemplo, é de que Torres pretende dizer não se lembrar quem o entregou a minuta do decreto presidencial determinando um estado de defesa sobre o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e que recebia "muitos documentos de pessoas diversas", diariamente.

O advogado de Anderson Torres, Rodrigo Roca, também disse que a defesa não vai se manifestar até ter acesso aos autos da investigação.

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA