MPPA cria comissão para evitar que ocorra no Pará o que aconteceu no DF

Grupo de trabalho discutirá medidas preventivas a atos contra a democracia

O Liberal
fonte

O procurador-geral de justiça do Ministério Público do Estado do Pará, César Bechara Nader Mattar Júnior, após reunião do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais, realizada em Brasília, decidiu criar, no dia 11 de janeiro, a Comissão Permanente de Gerenciamento de Crises do MPPA. A ideia é discutir medidas preventivas para evitar que ocorram no Pará atos violentos como os que ocorreram no dia 8 de janeiro no DF.

VEJA MAIS

image Grupo que seria liderado por David Mafra estaria mobilizando atos terroristas no Pará; ouça o áudio
Com 230 participantes, o grupo no aplicativo de mensagens instantâneas teria comandos de mobilização e compartilhamento de notícias falsas

image Manifestantes se reúnem em São Brás para protestar contra ataques em Brasília
Um dos principais motes do movimento era o pedido de não anistia aos envolvidos nos crimes ocorridos em Brasília, no domingo, 8

A comissão de promotores de justiça deverá acompanhar e adotar medidas visando a impedir a ocorrência de atos violentos contra a democracia no Pará. O grupo será formado por um promotor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), dois membros do Ministério Público, pelo coordenador do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado, um da Promotoria Militar. O procurador-geral presidirá a comissão. “Compete à comissão ao procurador-geral de justiça nas situações reconhecidas como crise”, pontua a decisão.

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA