#if(!$m.request.preview.inPreviewMode)
CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
#end

Marajó: vereador Fernando Carneiro afirma que é preciso pesquisar sobre como denunciar abusos

Arquipélago está no centro de embate local e nacional após supostos casos de abusos e desaparecimentos

O Liberal
fonte

O Marajó está na cena nacional atualmente após circulação de notícias sobre supostos abusos sexuais e desaparecimento de crianças no arquipélago. Vários famosos e parlamentares estão se posicionando sobre o tema. O deputado estadual Rogério Barra (PL) acusou o Governo Federal de negligência na região. Já o vereador Fernando Carneiro (Psol) “respondeu” dizendo que não se deve pesquisar sobre o Marajó, mas sobre “como denunciar a exploração sexual de meninos e meninas no Marajó e no Pará”.

VEJA MAIS

image 'Propaganda que associa Marajó à exploração sexual não é verdadeira', diz Observatório do Marajó
Entidade reforça que população não é condizente com essa mensagem divulgada e enfatiza que redes criminosas agem no sentido de atrair criminosos para espaços vulneráveis

image Celebridades usam redes sociais para manifestar combate ao tráfico de crianças na Ilha do Marajó
Conscientização veio à tona após cantora gospel paraense Aymmê, lançar música sobre exploração sexual e tráfico de crianças na região

Em uma publicação no perfil do Instagram, Fernando Carneiro disse ser mais importante pesquisar “sobre a exploração sexual de crianças e adolescentes no Marajó (segundo a OMS, são 320 casos por dia no Brasil)”. E seguiu: “pesquise sobre fontes sérias que falem da situação crítica de saúde e educação no Marajó, pesquise sobre o combate a fake News, pesquise números para denunciar casos de violência de exploração sexual no Marajó”.

image Deputado paraense acusa descaso do Governo Federal no Marajó
Famosos e artistas pedem atenção do poder público para a região

A Organização Não Governamental Observatório do Marajó lançou uma nota pública alertando para que não se acredite em tudo o que está na internet, e que "A propaganda que associa o Marajó à exploração e o abuso sexual não é verdadeira: a população marajoara não normaliza violências contra crianças e adolescentes".

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA