Governo estuda possíveis mudanças no Minha Casa Minha Vida, diz porta-voz

A proposta de revisão da política governamental será encaminhada ainda no primeiro semestre ao Congresso Nacional

Agência Estado

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou nesta quarta-feira, 22, que técnicos do Ministério do Desenvolvimento Regional e do Ministério da Economia estão aprofundando estudos e análises de impactos de possíveis mudanças no programa Minha Casa Minha Vida. Segundo Rêgo Barros, a proposta de revisão da política governamental será encaminhada ainda no primeiro semestre ao Congresso Nacional.

A medida busca "aperfeiçoar" a política nacional de habitação, de acordo com o porta-voz, "buscando integrar o programa às demais diretrizes de governo, e a políticas públicas voltadas aos municípios, com ênfase nas áreas de saneamento, mobilidade, planejamento urbano", entre outros.

Rêgo Barros também afirmou que, "como o programa é uma das prioridades do governo federal", desde o início do ano, o Ministério do Desenvolvimento Regional já desembolsou mais de R$ 1,4 bilhão para o Minha Casa Minha Vida.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!