Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Deputado Chicão exonera servidor da Alepa filmado agredindo mulher em Belém

Exoneração foi assinada no final da manhã desta terça, após pedido da Procuradoria da Mulher

Natália Mello / O Liberal

O presidente da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), deputado Chicão (MDB), assinou no final da manhã desta terça-feira (30) a exoneração do servidor da Secretaria Legislativa da Casa, Antônio Carlos Martins, que foi filmado no último sábado (27) agredindo uma mulher em pleno trânsito da capital.

VEJA MAIS

Procuradoria da Mulher da Alepa pede exoneração de servidor flagrado cometendo agressão Antônio Carlos Martins trabalha como agente de serviços externos, da Secretaria Legislativa

Homem que aparece agredindo vítima, em Belém, responde por violência contra a mulher Segundo a Polícia Civil, agressor possui registros na Divisão Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), que foram encaminhados ao Poder Judiciário

O pedido de exoneração foi feito pela Procuradoria da Mulher, que tem à frente a deputada Professora Nilse. A deputada Marinor Brito, também membro do departamento da Casa, já havia adiantado que ele deveria ser desligado do quadro de servidores da casa. “Me solidarizo com a vítima, e reafirmo a defesa da defesa das mulheres no Pará”, escreveu, em seu perfil no Twitter.

A exoneração será publicada no próximo Diário Oficial da casa, na próxima sexta-feira (3)

Em nota divulgada à imprensa, Assembleia Legislativa do Pará informou que foi surpreendida ao tomar conhecimento da violência praticada por seu servidor contra uma mulher no último final de semana, no trânsito de Belém, e que estava adotando as providências cabíveis que o caso requer.

“A Alepa reforça que repudia veemente a violência contra a mulher e se solidariza com todas as vítimas. Informamos ainda que o Poder Legislativo é um aliado ativo na luta contra a violência doméstica com a discussão e aprovação de projetos de leis que defendem, resguardam e valorizam a mulher”.

Desde 2019, a Alepa conta com a Procuradoria Especial da Mulher, um órgão dentro do Poder Legislativo, que atua no combate a todo o tipo de violência contra as mulheres, da prevenção ao enfrentamento de violência. “Se você for vítima ou testemunha, não se cale. Denuncie e ligue 181 ou mande mensagem pelo whatsapp 98115.9181 (atendente virtual Iara) ou ainda, entre em contato com a Procuradoria Especial da Mulher no telefone 3213 2111”, informa a Alepa.

Procurado, Antônio Carlos Martins disse que não foi informado sobre a demissão e que iria comunicar o seu advogado. Ele estava lotado no cargo de Agente de Serviços Externos, na Secretaria Legislativa da Casa.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA