Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Procuradoria da Mulher da Alepa pede exoneração de servidor flagrado cometendo agressão

Antônio Carlos Martins trabalha como agente de serviços externos, da Secretaria Legislativa

Natália Mello ; O Liberal

A Procuradoria da Mulher da Assembleia Legislativa do Estado do Pará, presidida pela deputada professora Nilse (Republicados) e formada ainda pelo restante da bancada feminina na casa, pediu a exoneração do servidor Antônio Carlos Martins, que foi filmado no último sábado (27) agredindo uma mulher em pleno trânsito da capital paraense.

“Me solidarizo com a vítima, e reafirmo a defesa da defesa das mulheres no Pará”, escreveu a deputada Marinor Brito, em seu Twitter. A parlamentar informou, também pelas redes sociais, que o servidor foi exonerado, mas conforme apurado por O Liberal, até às 11h20 desta terça, a exoneração ainda não havia sido assinada pelo presidente da Alepa, deputado Francisco Melo, o Chicão (MDB).

Antônio Carlos Martins trabalha no cargo de Agente de Serviços Externos, na Secretaria Legislativa da Casa. Procurado, ele disse que não foi informado sobre a possível demissão e que iria comunicar o seu advogado.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA