Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

CPI do MEC ganha força com prisão de Milton Ribeiro e precisa de apenas mais uma assinatura

A oposição afirma que já conseguiu 26 assinaturas das 27 assinaturas necessárias para apresentação do requerimento na mesa do Senado

O Liberal

A possibilidade de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar irregularidades no Ministério da Educação (MEC) ganhou força após a prisão do ex-titular da pasta, Milton Ribeiro, investigado por suposto esquema de corrupção envolvendo pastores na liberação de recursos do órgão. De acordo com políticos da oposição, o requerimento de abertura da CPI já conta com 26 das 27 assinaturas necessárias para ser apresentado à mesa do Senado. As informações são do jornalista Valdo Cruz, do G1 Nacional.

Para a oposição, é preciso investigar outros casos de irregularidades no Ministério da Educação além do tráfico de influência na liberação de verbas praticado pelo pastores. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) lembra, por exemplo, que há denúncias de compra superfaturada de kit robótica e favorecimentos na distribuição de caminhões frigoríficos para distribuição de merenda escolar. A expectativa é conseguir a assinatura que falta ainda nesta semana.

VEJA MAIS

[[(standard.Article) Veja os fatos que levaram a exoneração e prisão do ex-ministro Milton Ribeiro]]

Veja quem são Gilmar Santos e Arilton Moura, alvos da operação da PF que prendeu Milton Ribeiro
Os dois teriam atuado informalmente em nome do MEC para liberação de recursos do FNDE

Operação Acesso Pago: PF prende uma pessoa no Pará em investigação sobre recursos da educação
Mandado foi cumprido no início da tarde desta quarta-feira (22/06)

Porém, no Palácio do Planalto, há uma operação para barrar a criação da CPI do MEC.  Segundo aliados do governo, uma das estratégias seria garantir a liberação de verbas neste ano eleitoral para senadores, buscando convencê-los a não assinar o requerimento ou, se preciso, retirar assinaturas do requerimento elaborado pelo senador Randolfe.

Outra estratégia é argumentar com senadores que a Polícia Federal já está com as investigações avançadas e não faz sentido o Senado criar uma CPI para investigar o que já levou até a prisões.

Palavras-chave

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA