Antônio Carlos Vilaça, prefeito de Barcarena, morre aos 65 anos

Prefeito sofreu um infarto fulminante em sua residência e não resistiu. Velório acontece no ginásio municipal.

Redação Integrada

Morreu, na madrugada deste domingo (8), o prefeito do município de Barcarena, no nordeste paraense, Antônio Carlos Vilaça (PSC), aos 65 anos. Ele foi vítima de um infarto fulminante em sua residência, um sítio localizado na rodovia da Integração. O enterro será realizado nesta segunda-feira (9), no cemitério municipal, a partir das 17h. Vilaça deixa esposa e quatro filhas.

Também nesta segunda, às 10h, será realizada a missa de corpo presente. Antes do sepultamento, um cortejo vai percorrer algumas ruas da cidade entre a sede do município e a Vila dos Cabanos, onde os moradores devem prestar novas homenagens.

A informação a respeito do falecimento do gestor municipal foi confirmada, no início desta manhã, pela Prefeitura Municipal de Barcarena, por meio de nota de pesar nas redes sociais.

O prefeito em exercício de Barcarena, Paulo Alcântara, decretou luto oficial de três dias no municípío, e também se manifestou pelas redes sociais.

O governador Helder Barbalho esteve no município para participar do velório, que foi realizado no Ginásio Municipal e aberto à população de Barcarena. Acompanhado do vice Lúcio Vale, Helder permaneceu cerca de 40 minutos no ginásio.

Ele foi recebido pelo deputado estadual Renato Ogawa e pelo prefeito em exercício, Paulo Alcântara. O governador chegou, abraçou os integrantes da família Vilaça e conversou com amigos. Emocionado, Helder não falou com a imprensa.

Por meio das redes sociais, o governador lamentou a morte do prefeito.

Carreira

Natural de Conselheiro Pena (MG), Antônio Carlos Vilaça venceu as eleições de outubro de 2012 com 62% dos votos, e cumpria o seu segundo mandato como prefeito de Barcarena pelo Partido Social Cristão (PSC). Ele chegou ao município há cerca de 30 anos, onde fez carreira empresarial e se destacou no setor de logística e engenharia, antes de assumir a prefeitura, em 2013.

De acordo com a prefeitura, em sua carreira como gestor do município de Barcarena, Vilaça conseguiu realizar obras importantes em áreas como a saúde e educação. Em seis anos, revitalizou 73 escolas, colocando ar condicionado em todas, e construiu outras 14 unidades de ensino. Obras paralisadas pela União foram assumidas pela gestão municipal e entregues pelo prefeito, como três creches para crianças entre 1 e 3 anos.

Na saúde, Vilaça construiu 16 Unidades Básicas de Saúde (UBS). O prefeito terminou a construção e equipou a UPA 24 horas e determinou também a construção do novo Hospital Municipal na Vila dos Cabanos. O prefeito deixa Barcarena com vários canteiros de obras.

***

Errata: Inicialmente, a assessoria de imprensa da prefeitura informou que o prefeito Antônio Carlos Vilaça havia falecido na UPA de Barcarena, mas a informação estava equivocada e o gestor municipal não chegou a ser socorrido. A informação foi corrigida às 11:29.

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!