Alckmin anuncia mais integrantes da equipe de transição de governo

Alckmin fez o anúncio na sede do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília

Luciana Carvalho

O vice-presidente eleito Geraldo Alckmin anunciou na manhã desta quarta-feira (16) os nomes de mais integrantes da equipe responsável pela transição do governo Jair Bolsonaro para o governo Lula. As informações são do G1 Nacional.

Alckmin fez o anúncio na sede do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília, onde trabalha a equipe de transição. Entre os presentes ao anúncio também estavam a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e o ex-ministro Aloizio Mercadante.

VEJA MAIS

image Alckmin anuncia nesta quarta-feira novos integrantes de grupos da transição
A equipe de transição de Lula foi dividida em 31 áreas temáticas

image Alckmin anuncia Guido Mantega e irmã de Marielle para a equipe de transição
Ex-ministro da Economia vai integrar grupo do Planejamento, Orçamento e Gestão

image Geraldo Alckmin anuncia nomes para a equipe de transição do governo Bolsonaro para o de Lula; vídeo
Transição deve ser conduzida por uma equipe de até 50 pessoas. Lula vai assumir a presidência do Brasil no dia 1º de janeiro de 2023

Os nomes anunciados nesta quarta foram: Neri Geller, Kátia Abreu, Helena Chagas, Miguel Rossetto, Manoela D'Avila, Hélio Doyle Andre Janones, Tereza Cruvinel e Florestan Fernandes Junior.

Entre os demais integrantes da equipe de transição estão as senadoras Simone Tebet (MDB-MS) e Eliziane Gama (Cidadania-MA), o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), o senador eleito Wellington Dias (PT-PI), os economistas André Lara Resende e Pérsio Arida, além dos ex-ministros Gleisi Hoffmann, Aloizio Mercadante, Nelson Barbosa, Alexandre Padilha e Humberto Costa.

O processo de transição está previsto na legislação e permite que o presidente eleito forme uma equipe com 50 cargos remunerados.

(Luciana Carvalho, estagiária da Redação sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política).

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA