Três irmãos são assassinados a tiros e facadas em Tracuateua

Um quarto irmão conseguiu escapar dos assassinos encapuzados

Os corpos de três irmãos foram achados sem vida ao final da manhã deste domingo (06), em Tracuateua, litoral nordeste paraense. Cristiano da Silva Rosa, Vital da Silva Rosa e Diomar da Silva Rosa foram encontrados mortos por volta das 11h, em um ramal de uma comunidade rural do município. De acordo com a única testemunha que sobreviveu ao ataque, também irmão das vítimas, três homens encapuzado seriam os responsáveis pelas execuções

De acordo com informações repassadas pelo 33º Batalhão de Polícia Militar (BPM), com sede em Bragança, um pelotão que atua em Tracuateua foi acionado para a Estrada do Pequiá, na Vila Fátima, ao final da manhã para atender à ocorrência. Segundo parentes dos três homens assassinados, eles estavam trabalhando para um fazendeiro local, descarregando madeira e, ao final do serviço os irmãos voltavam para casa quando foram surpreendidos pelos assassinos encapuzados. Os três foram mortos no local, enquanto quarto irmão conseguiu fugir correndo.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o corpo de Cristiano estava bem na margem do ramal, e foi o primeiro a ser encontrado pela guarnição que chegou ao local. Populares informaram que os corpos dos outros estavam mais pra dentro na mata, e a cena do crime indica que assim como o irmão que fugiu, Cristiano também pode ter tentado escapar correndo dos assassinos, mas não teve a mesma sorte. Diomar, Vital e Cristiano foram mortos a tiros, e alguns deles tinham cortes de facão pelo corpo.

Ainda de acordo com os moradores que estavam no cena do crime, os irmãos que foram assassinados ela conhecidos por cometer furtos em residências na região. Esses supostos envolvimentos com crimes ainda não foram confirmados e estão sendo investigados pela Polícia Civil, por meio da Superintendência Regional do Caeté, que irá averiguar se eles tem ligação com a morte dos três. Até o momento, nenhum suspeito de participação foi preso.

Os corpos dos irmãos foram levados até o Núcleo Avançado do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves de Bragança.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA