Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Saiba como prevenir acidentes com armas de fogo em casa com criança

A morte de uma criança de 11 anos na região do Marajó despertou um alerta acerca do manuseio desse equipamento

Karoline Caldeira

Nos últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde, em 2018, 19 crianças de zero a 14 anos morreram vítimas de acidentes com armas de fogo. Esse quantitativo aumentou em 2019, foram 85 feridas devido a esse motivo. Na noite desta quinta-feira (26), na Vila Caracará, em Cachoeira do Arari, na região do Marajó, uma criança de 9 anos atirou e matou outra de 11 com a espingarda do avô.

Acidentes como esse podem ser fatais devido ao comportamento curioso de crianças nessa faixa etária e é necessário um cuidado redobrado de pais e responsáveis que possuem armas de fogo na residência.

VEJA MAIS

Criança de 9 anos atira e mata outra de 11 com a espingarda do avô, no Marajó
Arma teria disparado acidentalmente, segundo testemunhas. O dono da espingarda fugiu do local antes da chegada da polícia. Caso aconteceu em Cachoeira do Arari.

Por falta de conhecimento, muitas crianças podem confundir uma arma real com as de brinquedo e usar sem ter noção das consequências. Para isso, confira algumas dicas de como evitar acidentes relacionados a armamentos:

Dicas de prevenção

  • Se puder, não tenha armas. Caso ache necessário, certifique-se de guardar as armas descarregadas e em locais trancados;
  • Não deixe em locais de fácil acesso, como armários, despensas ou embaixo da cama;
  • Guarde as munições também em local trancado, separado da arma e longe do alcance das crianças;
  • Assim como a arma e as munições, as chaves e combinações da tranca também precisam estar escondidas e separadas desses itens;
  • Caso tenha uma arma, entenda todos os riscos que está correndo e tenha conhecimento acerca das medidas de segurança necessárias para evitar problemas graves;
  • Faça um curso de uso, manutenção e armazenamento seguro de armas;
  • Explique para as crianças acerca dos perigos das armas e as diferenças entre uma real e as de brinquedo;
  • Ensine as crianças a nunca tocarem em uma arma e a informarem a um adulto caso encontrem uma ou vejam outra criança com esse equipamento.

(Estagiária Karoline Caldeira, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA