Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Operação da PF investiga desvio de recursos públicos da Prefeitura de Altamira

Investigação teve como base fraudes em licitações, na gestão de 2013 a 2020, para beneficiar uma empresa do ramo de construção civil

O Liberal

Uma ação, deflagrada na manhã desta sexta-feira (11) pela Polícia Federal de Altamira, investiga o desvio de recursos públicos da prefeitura do município do sudoeste paraense, durante o período da gestão de 2013 a 2020, de Domingos Juvenil (MDB). As investigações da "Operação Prenúncio Criminal" têm como base fraudes em licitações para beneficiar uma empresa do ramo de construção civil, sem que houvesse uma espécie de garantia da prestação dos serviços contratados.

Foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, expedidos pela Vara Criminal da Justiça Estadual de Altamira: quatro cumpridos no município de origem dos crimes investigados e um na capital paraense. Por volta de 20 agentes federais foram mobilizados para trabalhar na ação.

A força-tarefa investiga os crime de frustração de direito assegurado por lei trabalhista;  peculato, corrupção passiva; fraude em procedimento licitatório e apropriação e uso de bens públicos para proveito próprio.

A operação é um desdobramento da Operação Prenúncio, deflagrada no segundo semestre do ano passado pela Polícia Federal, com participação do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), por meio de ação de improbidade administrativa.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA