Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: Polícia quer saber como comandante da lancha driblava fiscalizações

Polícia Civil também quer saber se Marcos de Souza Oliveira operava ilegalmente a lancha "Dona Lourdes II" com a ajuda de parceiros

Fabyo Cruz

Após a prisão de Marcos de Souza Oliveira, comandante da embarcação "Dona Lourdes II", na tarde desta terça-feira (13), em Ananindeua, a Polícia Civil espera desvendar alguns mistérios do acidente depois de ouvir as declarações do suspeito. Uma das principais incógnitas é como o condutor da embarcação naufragada fazia para driblar as fiscalizações, afirmou o delegado geral da PC, Walter Resende, durante coletiva de imprensa realizada na tarde de hoje.

VEJA MAIS

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: comandante da lancha estava foragido desde sexta-feira (9)
A informação ainda não havia sido concedida aos veículos de comunicação para não comprometer a prisão do suspeito, disse o titular da PC durante coletiva de imprensa

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: buscas entram no 6º dia; há 22 mortos e 66 sobreviventes
Aparato no local do acidente engloba 15 mergulhadores, helicóptero e nove embarcações da Segup

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: comandante da embarcação estava escondido na casa de cunhado
O suspeito não resistiu à prisão, como informou a Polícia Civil. O endereço estava sendo monitorado desde sábado.

Naufrágio na Ilha de Cotijuba: comandante da embarcação é preso
O anúncio foi feito no Twitter do governador Helder Barbalho

“Bom, a nossa expectativa é saber se junto com ele [Marcos] outras pessoas estão em parceria para fazer esse transporte, a forma como ele todo esse tempo conseguiu driblar a vigilância da Marinha sem ser interceptado diariamente quando realizava essas viagens. E o que mais ele falar vai ser confrontado com tudo aquilo que já foi apurado”, disse Walter Resende.  

Matéria em atualização. Acompanhe para mais informações.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA