Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mulher é filmada agredindo bebê dentro de hospital

Cena foi gravada por acompanhantes de pacientes, no hospital Santa Terezinha, em Belém. Conselho tutelar acompanha o caso

O Liberal

Uma mulher foi filmada dando chineladas no próprio filho, um bebê de apenas alguns meses de idade. A cena foi gravada dentro do hospital particular Santa Terezinha, no bairro de Nazaré, em Belém, por acompanhantes de pacientes que testemunharam a agressão, e começaram a circular nesta quarta-feira (21). O Conselho Tutelar informou que está acompanhando o caso.

As imagens, que foram publicadas pela TV Liberal, mostram a mulher pegando um chinelo e batendo na criança, que chora bastante após ser agredida. No momento das agressões, algumas pessoas estavam no local, e uma delas resolveu filmar. Em seguida, o Conselho Tutelar foi acionado e uma equipe foi até o local para apurar o caso.

Assim que soube que a agressão foi denunciada, a mulher pediu alta do filho e deixou o hospital. Nesta quarta (21), a mãe, o pai e o avô da criança prestaram esclarecimentos no Conselho Tutelar. Em depoimento, a acusada disse que usou o chinelo "para bater na fralda do bebê, porque os acompanhantes reclamavam que ele não parava de chorar".

A mulher recebeu uma advertência, e deve passar por uma avaliação psicossocial. Enquanto isso, o avô do menino agredido ficará com a guarda da criança. O Conselho Tutelar segue acompanhando o caso.

Em nota, o hospital Santa Terezinha informou que repudia qualquer tipo de violência e que está adotando todas as medidas para esclarecimento do caso.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA