logo jornal amazonia

Micro-ônibus cai no rio e passageiros morrem presos dentro do veículo em Santarém; vídeo

Acidente aconteceu no distrito de Santana do Tapará, em Santarém, oeste do Pará

O Liberal

Um micro-ônibus particupar de transporte de passageiros caiu no rio ao tentar descer de uma balsa que faz a travessia no porto de Santana do Tapará, no município de Santarém, oeste do Pará. O acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira (7) e cinco pessoas morreram presas dentro do veículo. Uma segue desaparecida. 

Informações preliminares dão conta de que o micro-ônibus, que fazia a linha Monte Alegre/Santarém, teria perdido o freio ao iniciar o trajeto de descida em direção à balsa que faz a travessia do rio Amazonas, entre as cidades de Santarém e Monte Alegre, e acabou caindo no rio Amazonas. Entretanto, o defeito no veículo não foi confirmado ainda por nenhuma autoridade.

VEJA MAIS

image Veja a lista de mortos, sobreviventes e desaparecidos em acidente no porto de Santarém; vídeo
O acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira (7) e cinco pessoas morreram presas dentro do veículo. Uma segue desaparecida

image Governador Helder determina apoio e investigação sobre acidente com ônibus em porto de Santarém
Acidente ocorreu no início da manhã desta segunda-feira (7) e deixou pelo menos cinco pessoas mortas e alguns feridos

O delegado da Polícia Civil do município, Lucivelton Ferreira, comenta que acionou autoridades para fazer a remoção dos corpos, a identificação das vítimas e também para iniciar a perícia no local:

"Nós estamos acionando a Polícia Científica, a Marinha e o Corpo de Bombeiros. A Polícia Científica vai fazer a remoção e também o local de crime, além da estrutura técnica aí da situação. O pessoal do Corpo de Bombeiros também deve levar mergulhadores. É um trabalho em conjunto para tentar identificar a causa, identificar as vítimas", informa.

image Polícia Científica, Marinha do Brasil e Corpo de Bombeiros foram acionados para a ocorrência. (Reprodução / Redes Sociais)

Segundo informações de um site do interior, cerca de nove pessoas estavam no micro-ônibus no momento em que ele iniciou a travessia. Pelo menos três delas conseguiram pular para fora do veículo antes que ele afundasse no rio, conseguindo se salvar. Os outros seis passageiros afundaram, presos dentro da estrutura. Até o momento, cinco corpos já foram resgatados. Uma pessoa está desaparecida.

image Motorista morre após atingir veículos e bater contra barreira de pedra na PA-275, em Parauapebas
O carro que a vítima partiu ao meio, devido ao impacto do acidente

image Tentativa de assalto termina com morte na Pedreira
Um assaltante foi morto por dois policiais à paisana, enquanto o outro fugiu.

image Ciclista morre esmagado por caminhão na PA-150, em Tailândia
A vítima chegou a ser socorrida pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu

Em nota, a Polícia Civil do Pará (PC) confirma o número de corpos resgatados sem via e a procura por uma das vítimas, que está desaparecida. O órgão informa que os cinco corpos deram entrada na Coordenadoria de Santarém, onde ainda estão sem identificação e sem procuração por parte de parentes.

O caso é investigado pela Delegacia de Santarém e perícias já foram solicitadas para apurar as causas do acidente. A Polícia Civil ainda acrescenta: "O Corpo de Bombeiros Militar e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil estão em busca de 1 pessoa desaparecida. A Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon-Pa) informa que o micro-ônibus fazia transporte particular, portanto, não é regulado pela Arcon-Pa, que fiscaliza o transporte intermunicipal de passageiros".

Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA