Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Mãe mata a própria filha para defender neta de 1 ano de agressão

À polícia, a acusada alegou que tentava defender a criança das agressões da mãe, que era usuária de entorpecentes e estaria espancando a menina

Com informações do portal Estado de Minas

Uma briga entre mãe e filha acabou de forma trágica esta semana em Belo Horizonte (MG). Após uma discussão por causa da neta, de 1 anos e dois meses, uma mulher de 54 anos acabou matando a própria filha, de 22. Em depoimento à polícia, a autora do crime alegou que tentava defender a criança das agressões da mãe, que era usuária de entorpecentes e estaria espancando a menina. O caso aconteceu na madrugada da terça-feira (30), no bairro Novo Aarão Reis, região nordeste da capital mineira.

De acordo com a versão relatada pela avó, o motivo das agressões à criança seria uma crise de abstinência da filha, que havia parado de consumir drogas durante a gravidez, mas teve uma recaída e se irritou com o choro da menina que não dormia. A acusada teria tentado impedir as agressões e acabou entrando em luta corporal com a vítima. Ainda segundo ela, no embate a filha se desequilibrou, bateu a cabeça na quina de um sofá e perdeu a consciência.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e chegou a levar a vitima para uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), onde ela já chegou sem vida. O caso é tratado, a princípio, como homicídio culposo, quando a morte não é premeditada.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA