Incêndio atinge garagem de edifício no Umarizal. Bombeiros estão há quase seis horas no local.

Ao menos 20 veículos foram danificados. Não houve feridos, mas os militares ainda não conseguiram controlar a situação. Fumaça expulsou alguns moradores de casa. Extensão de danos ainda não foi estimada.

Victor Furtado, Tainá Cavalcante e Thiago Gomes

Um incêndio assustou moradores de um edifício residencial do bairro Umarizal. Logo no início da manhã desta terça-feira (2), um veículo que estava na garagem explodiu. As chamas foram intensas e as medidas imediatas não surtiram efeito para conter o acidente. Pelo menos 20 veículos já foram danificados. Veja:

A fumaça tomou conta da área e o Corpo de Bombeiros Militares foi acionado. A situação parecia controlada após uma hora de atuação dos militares. Porém, reforços foram solicitados e há ainda mais agentes no local. O combate ao fogo e escoamento da fumaça se aproxima de seis horas. Devido o incômodo, alguns moradores até saíram de casa.

Incêndio já está controlado. Bombeiros seguem no local analisando a situação. (Thiago Gomes / O Liberal)

 

Tudo começou, aproximadamente, às 6h. A área da garagem é de difícil acesso e muito fechada. Os militares precisaram abrir uma saída improvisada para a fumaça, quebrando parte da estrutura. Foi feito um buraco na quadra de esportes para abrir ventilação. Os bombeiros seguem no local. Ainda não há mais informações sobre a situação na garagem.

A fumaça é tão densa que o risco para os bombeiros é ainda maior. E isso dificulta a localização das fontes de chamas, já que é difícil também respirar e os agentes precisam se revezar. Já há quatro viaturas de combate a incêndios, uma ambulância de resgate e uma viatura da Defesa Civil. Cansados, alguns dos bombeiros molham o rosto para aliviar o calor e limpar a fuligem.

Incêndio foi em um edifício que fica na rua Boaventura da Silva, entre a travessa 14 de Março e a avenida Alcindo Cacela. Ninguém se feriu. (Thiago Gomes / O Liberal)

O prédio fica na rua Boaventura da Silva, entre a travessa 14 de Março e a avenida Alcindo Cacela. O fogo não chegou a subir para os apartamentos. Ninguém se machucou. No entanto, ainda não há uma estimativa total dos danos e se outros veículos acabaram sendo atingidos pelas chamas. Um laudo deve ser emitido, pelo CBM, nos próximos dias, com mais detalhes sobre o caso e possíveis causas.

O perímetro do edifício foi totalmente interditado pelo Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran), no início desta tarde. Os bombeiros recorreram à possibilidade de entrar por outros lados do edifício, como pela rua Domingos Marreiros.

Esta matéria foi atualizada. Mais informações ainda estão chegando. Acompanhe!

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA