Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem tenta matar ex de 16 anos a facadas, é espancado pela população e vai preso

Wellington Trindade do Nascimento recebeu voz de prisão no hospital em que está internado em Marabá, no sudeste paraense

O Liberal

Wellington Trindade do Nascimento foi preso em flagrante após tentar matar a ex-companheira, uma adolescente de 16 anos, na cidade de Itupiranga. Após o crime, ele foi espancado pela população local e precisou ser transferido para uma unidade hospitalar em Marabá. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (4) pela Polícia Civil, que por meio da Superintendência Regional do Sudeste do Pará, deu voz de prisão ao acusado. Ele deverá responder pelo crime de tentativa de feminicídio. 

Imagens de câmeras de segurança onde tudo ocorreu registraram a ação criminosa. Em um primeiro momento, o acusado é visto indo em direção à vítima, que está em um terreno baldio. Eles conversam rapidamente, Wellington puxa uma faca e dá início às agressões. A adolescente tenta atravessar a rua, mas é alcançada e esfaqueada mais vezes pelo agressor.

Em um outro vídeo, a vítima já surge completamente ensanguentada, sentada em uma cadeira, perguntando sobre a polícia antes de ser levada ao hospital. O caso ocorreu na última terça-feira (2), mas a prisão foi efetuada na quarta-feira (3), após um boletim de ocorrência ser registrado na delegacia da cidade e os policiais civis terem conhecimento do fato.

Segundo o veículo Correio de Carajás, foi durante este período que uma guarnição da PM, sob o comando do tenente Aldir, descobriu que Wellington havia sido internado no Hospital Municipal Marabá (HMM), para onde havia sido levado por familiares.

Ainda segundo o oficial, o acusado já foi preso anteriormente por violência doméstica contra outra mulher que havia se relacionado anteriormente. A vítima, inclusive, está sob medida protetiva.

O acusado recebeu voz de prisão na unidade hospitalar, onde permanece internado. Segundo a Polícia Civil, após a liberação médica, o agressor seguirá à disposição da justiça.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA