Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem suspeito de fingir ser oficial de justiça para aplicar golpes é preso, em Itaituba

Edney Ramos da Silva, de 23 anos, abordava as vítimas nas ruas, afirmando ter uma intimação contra o veículo delas

Redação Integrada (com informações de Moisés Sodré, do Giro Portal)

Edney Ramos da Silva, de 23 anos, foi preso na noite desta segunda-feira (10), suspeito de fingir ser oficial de justiça para aplicar golpes em Itaituba, sudoeste do Pará. A prisão ocorreu durante uma operação da Polícia Militar (PM), deflagrada após inúmeras denúncias e grande repercussão do caso nas mídias sociais. O jovem seria estudante de direito e trabalhava como conciliador voluntário no juizado do município.

As investigações apontam que, desde o último final de semana, Edney estaria abordando várias pessoas nas ruas, afirmando ter uma intimação contra o veículo conduzido pela vítima. Ele verificava placas de motocicletas, alegava a possibilidade de terem sido clonadas e que teria que levar o veículo para delegacia.

O suspeito foi preso na 14ª Rua do Bairro São Tomé, dentro de uma caminhonete que, segundo vítimas, estava sendo utilizada na prática dos golpes. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão para o acusado, que resistiu e precisou ser contido.

Com o acusado, os policiais apreenderam munições intactas de calibre 45, um notebook, placas de veículos, fardamento do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), uma quantia em dinheiro e aparelhos celulares. O material apreendido foi apresentado na 19ª Seccional de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Material apreendido foi encaminhado para a delegacia (Junior Ribeiro/ Giro Portal)

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA