Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Homem é morto a tiros por motoqueiro em frente à casa de sua irmã

Joabe supostamente teria passagens por furto e roubo na cidade e a suspeita é de que o homicídio tenha envolvimento

O Liberal

Um homem foi morto a tiros em frente à casa da própria irmã no início da tarde desta segunda-feira (25), no município de Ourilândia do Norte, região sudeste do Pará. A vítima foi identificada como Joabe Leal Rodrigues, 34 anos. O caso aconteceu na rua São Paulo, na área do Aeroporto. As informações são do Native News Carajás. 

Testemunhas disseram que Joabe estava sentado em frente à residência quando um homem chegou em uma motocicleta realizando os disparos de arma de fogo. A vítima foi atingida com quatro tiros e morreu no local antes de receber atendimento médico. 

VEJA MAIS

Homem é recebido com três tiros ao cobrar dívida; suspeito fugiu
A vítima está internada, em estado grave, no Hospital Municipal de Parauapebas (HMP)

Ourilândia do Norte: Casal é morto a tiros na frente de bebê de um ano dentro de carro
Após o crime, ​o Conselho Tutelar foi acionado para dar abrigo e cuidar da criança, enquanto a​ polícia tenta localizar possíveis familiares das vítimas

Polícia aponta adolescente como autor de latrocínio contra empresário em Ourilândia do Norte
 Marquinho do Restaurante Diferenciado foi assassinado com um tiro nas costas e teve a moto roubada em 13 de janeiro deste ano de 2022

Segundo informações, o suspeito de cometer o crime vestia uma camisa e um boné preto. Ele fugiu. Além disso, Joabe supostamente teria passagens por furto e roubo na cidade. A Polícia Militar tentou localizar o motoqueiro, mas não encontrou nada. 

A Polícia Civil acredita que o crime possa ter sido motivado pelas passagens pela polícia que Joabe tinha. A polícia comunicou que o homicídio é investigado pela delegacia do município de Ourilândia do Norte e até as 12h desta terça-feira (26), ninguém havia sido preso. Diligência estão sendo feitas para tentar prender o suspeito. 

Ajude as investigações

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque Denúncia (181). A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Em ambos os casos, não é necessário se identificar.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA