Homem é achado morto a tiros dentro de casa em São Miguel do Guamá

Vizinhos acreditam que homem foi vítima de latrocínio, mas o caso segue sob investigação

O corpo de Antônio do Carmo Gomes, de 58 anos, foi encontrado na manhã desta terça-feira (30) em sua residência em São Miguel do Guamá, no nordeste paraense. O homem foi morto a tiros em um crime que, até o momento, não se sabe qual foi a motivação, e que surpreendeu e entristeceu os moradores do municipio.

A 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) informou que o corpo foi achado por vizinhos na casa da vítima, no bairro Umarizal, em um local conhecido como Rua do Zé Crente, por volta das 6h. Os moradores que acionaram a PM contaram que ouviam um disparo durante a noite, mas por causa da quadra junina, com o dia de São Pedro sendo celebrado, pensaram que se tratava do estampido de um foguetinho. Eles não imaginavam que esse disparo pode ter sido o que tirou a vida de Antônio.

O homem era conhecido como "Toninho" e trabalhava com vendas de bebidas no bairro, sendo muito querido pelos moradores do Umarizal e pelos fregueses. A Polícia Militar foi ao local e isolou a área, que em seguida foi tomada por agentes da Polícia Civil e da Unidade Regional de Castanhal do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. 

Como Toninho era uma pessoas querida e que não tinha envolvimento com crimes, os vizinhos acreditam que ele pode ter sido vítima de um latrocínio. O caso segue sob investigação para determinar a motivação e autoria do assassinato, mas até o momento, ninguém foi preso.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA