Dupla que vendia e comprava joias pela OLX é presa em Belém

Eles responderão por estelionato. Entenda como o golpe era aplicado

Redação Integrada

Após aplicarem um golpe que rendeu prejuízos de R$20 mil a cinco pessoas, a Polícia Civil do Pará prendeu um casal acusado de participação em uma associação criminosa responsável em aplicar golpes em vítimas na capital paraense.

Segundo a delegada Juliana Cavalcante, da Divisão de Prevenção e Repressão a Crimes Tecnológicos (DPRCT), após investigações, foi descoberto que os criminosos eram especialistas na compra e venda de jóias por meio do site de anúncios OLX.

Foram presos Weslen Madson Costa Franco e Angélica da Costa Cunha, que responderão por estelionato. Além deles, uma terceira pessoa, de fora do Estado, foi identificada como participante do esquema. 

"Eles utilizavam de forma falsa a identidade de um advogado atuante em Belém e, através de montagem de comprovantes de depósitos falsificados, simulavam os depósitos das compras dos produtos anunciados pelas vítimas, que posteriormente, eram revendidas a receptadores na grande Belém”, explicou a delegada.

Polícia