CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

Dupla que fazia rinhas de galo é presa em São Miguel do Guamá; animais foram resgatados

No local, cinco pessoas estariam participando da rinha de galo

O Liberal
fonte

Dois homens, identificados apenas como Bruno e Rogério, foram presos em flagrante durante um “ringue” de rinha de galos na manhã do domingo (24). O caso ocorreu por volta das 11h, na rua da Bomba, bairro Patauateua, município de São Miguel do Guamá, no nordeste do Pará. A Polícia Militar chegou ao local após receber uma denúncia anônima de maus-tratos aos animais.

No local, cinco pessoas estariam participando da rinha de galo. Ao perceber a chegada da polícia, elas fugiram para uma área de mata nos fundos do terreno da residência. Durante a ação policial, somente Bruno e Rogério foram detidos. Ao todo, 21 animais foram resgatados. As informações são do perfil Correio do Norte.

Uma espécie de arena onde os animais se enfrentavam até a morte — e que eram submetidos aos maus-tratos — foi apreendida. Além disso, artefatos que eram utilizados para o treinamento dos animais também foram apreendidos. Os suspeitos foram conduzidos à delegacia para os procedimentos cabíveis.

A Redação Integrada de O Liberal apura mais detalhes sobre o caso junto à Polícias Militar. A reportagem aguarda retorno. Por meio de nota, a Polícia Civil informou que 21 aves foram apreendidas e encaminhadas para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente. "Duas pessoas prestaram depoimento na delegacia de São Miguel do Guamá, onde foi registrado um termo circunstanciado de ocorrência de maus tratos a animais", detalhou o comunicado.

 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA