Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Atuante no crime desde 1984, 'Vovó do Pó' será monitorada por tornozeleira eletrônica

Idosa foi acusada de comercializar entorpecentes dentro de um bar no Distrito Federal

O Liberal

Maria Ariorlene Leal de Brito, 68 anos, conhecida como “Vovó do Pó”, será monitorada por tornozeleira eletrônica. A suspeita havia sido detida na segunda-feira (30), no Distrito Federal, por tráfico de drogas. A decisão foi proferida pela juíza substituta do Núcleo de Audiência de Custódia (NAC). As informações são do Metropoles.

Ela é acusada, segundo o auto de prisão em flagrante, de usar um bar para vender entorpecentes. Segundo a ocorrência, a idosa foi presa com porções de crack, dinheiro em espécie e embalagens plásticas, utilizadas para acondicionar fragmentos de droga.

VEJA MAIS

Suspeito de tráfico de drogas é morto ao reagir abordagem policial em Santa Maria do Pará
O homem foi socorrido, mas não resistiu e morreu

'Caganeira' é preso por tráfico de drogas no Moju
Josué Ferreira Gomes, que atendo pelo apelido de “Caganeira”, foi preso em flagrante na tarde da sexta-feira (20)

Na sentença, a magistrada observou que “a conduta da autuada não evidencia periculosidade exacerbada a ponto de justificar qualquer segregação antes do momento constitucional próprio, qual seja o trânsito em julgado de eventual sentença condenatória”. Para a juíza, a aplicação de medidas cautelares é suficiente para a punição da idosa, que não apresenta alto grau de periculosidade e, portanto, ficará em liberdade provisória.

Além do uso de tornozeleira eletrônica, ela está proibida de frequentar o local onde vendia as drogas, devendo manter distância mínima de 1 km, e informar à Justiça novo endereço no prazo de cinco dias.

Dupla é presa suspeita de abastecer 'bocas de fumo' em Santarém
Junto com a dupla, foram apreendidos uma grande quantidade de entorpecentes e uma moto

Conhecida no crime

A senhora já havia sido presa pela mesma unidade policial em outra oportunidade. Ainda de acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), a primeira anotação criminal da investigada por crime envolvendo drogas foi em 1984. Atualmente, a idosa cumpre prisão domiciliar.

Palavras-chave

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA