Assessor é assassinado a tiros durante festejo de carnaval no bairro do Marco

David Alexandre Lobato Mesquita participava de bloco carnavalesco quando foi abordado por homens encapuzados

Redação Integrada

O assessor da Casa Civil do Governo do Pará, David Alexandre Lobato Mesquita, de 33 anos, foi executado a tiros na madrugada desta segunda-feira (4), na travessa Vileta, no bairro do Marco, em Belém. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima participava de uma festa carnavalesca quando foi surpreendida por homens que chegaram ao local em um carro preto, de marca Fiat, modelo Uno. Os atiradores, encapuzados, dispararam diversas vezes contra a cabeça e o peito de David. Pelo menos seis tiros atingiram a vítima, que morreu na hora.

Na localidade, ninguém quis dar detalhes do crime à polícia. Testemunhas que correram para escapar das balas, temendo retaliações, também evitaram comentar o assassinato. As circunstâncias e a motivação do homicídio ainda são desconhecidas. O caso foi registrado na Divisão de Homicídios da Polícia Civil.

David não tinha passagem pela polícia. Funcionário público, ele já havia trabalhado anteriormente na Defesa Civil e também como assessor de vereador de Belém.

No dia 15 de fevereiro deste ano, David foi nomeado assessor especial do atual Governo por meio de decreto publicado no Diário Oficial do Estado do Pará (DOEPA), no dia 18 de fevereiro.

Nas redes sociais, conhecidos, amigos e familiares da vítima lamentaram o crime. " Meu primo era um homem trabalhador e não era bandido como abriram a boca para falar. Era uma pessoa querido por todos, sempre procurou ajudar o próximo. David para sempre", escreveu Ana Carolina Abreu, prima da vítima, em sua rede social. "Não dá para acreditar que mais uma vez sentiremos essa dor da perda. Primo, não quero acreditar, por favor, alguém diz que é mentira, que não fizeram isso com você. Diz que pela manhã irei acordar e tudo não passará de um pesadelo. Aí, primo, está doendo tanto... Você, que era tão parceiro, amigo, protegia sua família, cuidava de todos. Está doendo muito, mas peço a Deus que te guarde em um bom lugar, pois você era uma boa pessoa. Sentirei saudades eternamente de você", escreveu.

David Alexandre deixou esposa e um casal de filhos pequenos.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM POLÍCIA