Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Terra indígena no Pará vai receber apoio da Força Nacional

Área fica localizada nos municípios de Capitão Poço, Nova Esperança da Piriá e Paragominas

Camila Guimarães

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) autorizou, nesta quinta-feira (30), o emprego de agentes da Força Nacional de Segurança Pública na Terra Indígena (TI) Alto Rio Guamá. Os agentes atuarão por 90 dias na área em apoio à Fundação Nacional do Índio (Funai). A portaria foi publicada no Diário Oficial da União. 

Os militares atuarão nas atividades de preservação da ordem pública e segurança das pessoas e do patrimônio público. Eles cumprirão o planejamento definido pela diretoria da Força Nacional e terão apoio logístico da Funai.

A Terra Indígena Alto Rio Guamá está localizada na região dos municípios de Capitão Poço, Nova Esperança do Piriá e Paragominas, no estado do Pará. Ela é parte do território ancestral do povo indígena da etnia Tenetehara, que vivia em grandes áreas de terras entre os estados do Pará e Maranhão.

Segundo o Instituto Socioambiental (ISA, s/d), habitam nesta TI aproximadamente 1.727 indígenas da família linguística Tupi-Guarani, pertencentes aos povos Guajá, Ka’apor e Tembé. Os principais conflitos existentes na região seriam os de especulação imobiliária, madeireira, mineração, garimpo e siderurgia.

 

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ