Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Tucuruí: Prefeitura decreta luto oficial de três dias após morte de família em naufrágio

Três membros da mesma família estavam entre os 12 passageiros da embarcação, porém foram os únicos que não sobreviveram ao naufrágio

Fabyo Cruz

A Prefeitura de Tucuruí, município localizado no sudeste do Pará, decretou luto oficial de três dias, após a morte de três pessoas da mesma família que estavam na lancha-voadeira, movida a motor, que virou no lago da Usina Hidrelétrica de Tucuruí (UHT), na segunda-feira (9). Eles estavam entre os 12 passageiros da embarcação, porém foram os únicos que não sobreviveram ao naufrágio.

VEJA MAIS

Três pessoas de uma mesma família morrem após voadeira afundar em Tucuruí
Corpo de Bombeiros confirmou que as vítimas são da mesma família

Jacaré gigante aparece em residência no sudeste do Pará
Vizinhos e outros moradores da área ficaram assustados com o surgimento do animal, que não chegou a atacar ninguém. Com informações do site Portal da Cidade Tucuruí

Jovens são torturados e mortos em Tucuruí; crime pode ter sido executado por facções criminosas
Felipe Adriano Rodrigues dos Santos e Rebis Silva Caldas haviam saído para beber e não retornaram mais

Por meio do documento, a prefeitura quer que  “se solidariza com a família de José Agripino Gaia, Raimunda Cordeiro e Enzo Gabriel, vítimas de naufrágio, ocorrido no Lago de Tucuruí, em 09 de maio de 2022”.  A nota segue afirmando que “neste momento de profunda dor e pesar, a administração municipal manifesta aos familiares e amigos, as mais sinceras condolências pela partida precoce”.

“Considerando o consternamento da comunidade tucuruiense e o sentimento de solidariedade, dor e saudade, pela perda à Prefeitura de Tucuruí resolve decretar luto oficial, por três dias, contados a partir desta data, no município”, finaliza o decreto.

Relembre o caso

O tempo chuvoso contribuiu para o naufrágio, pois a voadeira, que é composta por motor e popa, acabou virando no Lago da UHT, informou o Corpo de Bombeiros de Tucuruí. Alguns tripulantes também se jogaram no rio para não afundar com a embarcação. Conforme o tenente bombeiro Mateus Macedo, o Corpo de Bombeiros não demorou a chegar ao local, e encontrou uma família que já havia conseguido atravessar o rio com a ajuda de barqueiros.

Ainda de acordo com os bombeiros, ninguém na embarcação usava o colete salva-vidas. Ainda não foi identificado o modelo da embarcação que naufragou, mas de acordo com as apurações iniciais, o transporte teria a capacidade para transportar até 25 passageiros. A Polícia Civil investiga o trágico acidente fluvial.

O corpo de Raimunda Cordeiro foi encontrado ainda durante a noite de domingo, próximo ao local do naufrágio. Os corpos de José Agripino e de Enzo só foram localizados na manhã da última segunda-feira (9).

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ