Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pará registra queda de 30,6% no números de inscritos no Enem em comparação com o ano passado

A redução atingiu todo o País computando uma queda de 44% em relação de candidatos inscritos no ano passado

O Liberal

O Pará teve mais de 229,1 mil inscrições efetivadas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste ano. Desse número, 228,5 mil foram inscritos na modalidade de prova impressa e 600 na modalidade digital. Em comparação com o ano passado, o número de inscrições reduziu em 30.6%. Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A redução das inscrições foi registrada em todo o Brasil. O total de 4.004.764 candidatos inscritos em 2021 representa uma queda de 44% com relação à quantidade de inscritos no Enem do ano passado. Segundo o G1 Educação, esse número de inscritos é o menor desde o Enem 2007, quando 3,57 milhões de participantes se inscreveram; também é o menor desde que a prova adotou o formato atual, em 2009. A previsão é de um número ainda menor, pois as inscrições passam ainda pelo processo de homologação.

“Penso que a pandemia, hoje, é a principal razão pela baixa procura do Enem. A vida familiar, no geral, bem como a do estudante, em particular, foi afetada drasticamente. Muitos deles perderam parentes ou alguém próximo, não se adaptaram à rotina de estudos online, nem tiveram condições de acesso à internet para assistir às aulas remotas, ou, durante esse período, necessitavam trabalhar para contribuir com o sustento de suas casas. Por esse motivo, a maioria dos alunos não se sente preparada para realizar uma prova como a do Enem. Além disso, os estudantes que não realizaram a prova no ano passado foram prejudicados, agora, por não poderem solicitar a taxa de isenção e não dispor de recursos para pagá-la no momento”, analisa Brenno Carriço, professor de Linguagens e Literatura do Pré-Vestibular Municipal de Belém.

O professor reitera que a prova também é bastante excludente em relação àqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social por conta do agravamento da crise econômica do país. “Nós  professores, seguimos firmes e com a expectativa de que teremos um resultado positivo, como o indicativo dos últimos anos de trabalho realizado pelo Pré-Vestibular Municipal de Belém tem mostrado. Nós acreditamos nos nossos alunos”, conclui o professor.

O Enem é a porta de entrada de muitos jovens que buscam o nível superior. A nota obtida no exame pode ser usada  para ingresso em universidades públicas e garantir bolsas de estudo e financiamentos em faculdades particulares através de Programas Federais como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES).

Os resultados individuais do Enem também podem ser usados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

“Apesar de ser um fato triste, a baixa procura no Enem vai ser benéfica para mim. Como muitas pessoas não vão fazer a prova, a concorrência será menor. Terei maiores chances de conseguir passar em medicina, que é muito concorrido. A  medicina surgiu na minha vida quando perdi uma pessoa muito próxima e então venho me dedicando e me preparando de forma autônoma para realizar esse sonho”, declara Jessé Caldas, morador do município de Anajás, no Marajó.

As duas modalidades do Enem 2021, impressa e digital, serão aplicadas nos mesmos dias, 21 e 28 de novembro. Ambas as versões terão as mesmas provas, com itens iguais e o mesmo tema de redação.  Cada prova terá 45 questões de múltipla escolha, que, no caso do Enem Digital, serão apresentadas na tela do computador. Já a redação será realizada em formato impresso, nos mesmos moldes de aplicação e correção da versão em papel.

(Bruna Ribeiro, estagiária, com supervisão de Victor Furtado, coordenador do Núcleo de Atualidades)

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ