Papa decide que Pará passa a ter dois arcebispos com criação de província eclesiástica de Santarém

Anúncio foi feito esta manhã. Belém passará a ter oito dioceses e duas prelazias. Santarém passa a ter duas dioceses e uma prelazia

Dilson Pimentel

A confirmação da elevação do bispo auxiliar da Arquidiocese de Belém, Dom Irineu Roman, a Arcebispo de Santarém, faz parte de uma série de novidades anunciadas pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa na manhã desta quarta-feira (6). Em encontro realiado na Cúria de Nazaré, Dom Taveira tornou públicas decisões recentes tomadas pelo Papa Francisco. Uma delas foi a crianção da Província Eclesiástica de Santarém, elevando a Diocese à categoria de Arquidiocese. O Vaticano nomeou como primeiro arcebispo de Santarém, Dom Irineu Roman. Assim, o Pará agora se torna o primeiro estado da Região Norte com duas arquidioceses. Veja o anúncio de Dom Irineu Roman:

Esta manhã também foi anunciado que a nova "província" da Arquidiocese de Santarém terá como sufragâneas (dependentes) a Diocese de Óbidos, a nova Diocese do Xingu-Altamira, com sede em Altamira, que até então era apenas uma prelazia e será elevada diocese em 1º de fevereiro, mantendo como Bispo Dom João Muniz Alves. 

Também fará parte da nova circunscrição a Prelazia de Itaituba, que tem como bispo Dom Frei Wilmar Santin. Hoje também foi criada a nova Prelazia do Alto Xingu-Tucumã, com sede em Tucumã e a ser instalada no dia 9 de fevereiro de 2020. Seu primeiro bispo prelado, Frei Jesús María López Mauleón, será ordenado bispo no dia 29 de dezembro, em Fortaleza (CE).

Pará tem agora duas Províncias Eclesiásticas


A partir da nova criação, as Províncias Eclesiásticas de Belém do Pará e de Santarém passam a dividir geograficamente o Estado do Pará, sendo que a Arquidiocese de Belém passará a ter oito dioceses e duas prelazias. Já Santarém passa a ter duas dioceses e uma prelazia.

As novidades têm relação com a realização do Sínodo da Amazônia, ocorrido em outubro, em Roma. O Arcebispo de belém tornou público o comunicado de sua Santidade, Papa Francisco, à Arquidiocese de Belém. O anúncio, considerado de grande relevância e interesse para o Estado do Pará, teve seu teor tratado com sigilo pontifício - "só podendo ser publicado em data e hora em conjunto com a Santa Sé", detalhou a Arquidiocese de Belém na véspera. 

Esta manhã Dom Taveira também foi enfático ao afirmar que ainda não é possível anunciar as decisões tomadas pelo Sínodo para a Igreja Católica na Amazônia. "Temos que aguardar o Papa, que ainda se pronunciará numa exortação apostólica sobre isso. É temerário adiantar qualquer coisa sobre essas mudanças antes da palavra do Papa", disse o Arcebispo de Belém. Veja seu comentário:

Mudanças transformam estrutura da Igreja no Pará


Mestre em Direito Canônico, reitor do Seminário Diocesano de Castanhal e professor na Faculdade Católica de Belém,  padre Silvestre Sales detalhou as mudanças anunciadas e esclareceu sobre as responsabilidades e atribuições do título de bispo e suas funções na Igreja Católica, bem como as diferenças entre arquidiocese, diocese e prelazia.

Entenda as novidades


Os Bispos 
- Como legítimos sucessores dos Apóstolos, segundo a tradição da Igreja Católica, recebem do próprio Deus a missão de santificar, ensinar e governar a porção do Povo de Deus a eles confiada, em comunhão com o Papa, no colégio episcopal, zelando por toda a Igreja. 
- Como sacerdote, mestre e pastor de seu rebanho, cabe ao bispo presidir, em nome de Deus, a sua diocese, em favor de todo o povo de Deus.
- O bispo possui a plenitude do sacramento da ordem e, distribui as graças de Deus, garantindo na igreja local os dons da graça recebido do próprio senhor.
- Ordena para o serviço de Deus os diáconos e presbíteros, confere o sacramento da Confirmação e, com a colaboração de seus sacerdotes, apascenta todos os fiéis confiados a seu pastoreio.
- O bispo é  o centro da comunhão em Cristo.

Prelazia
- A prelazia é uma porção do povo de Deus em um determinado território, “cujo cuidado, por circunstâncias especiais, é confiado a um prelado [...], que a governa como seu próprio pastor, à semelhança do Bispo Diocesano” (cân. 370).
- A prelazia, por ainda não possuir as condições necessárias para ser constituída como Igreja Diocesana, é confiada a um Bispo Prelado, pertencente a uma congregação religiosa, que, com seus confrades, exerce o cuidado pastoral desta parcela do povo de Deus.

Diocese
- Diocese é “uma porção do povo de Deus confiada ao pastoreio do Bispo com a cooperação do presbitério, de modo tal que, unindo-se ela ao seu pastor e, pelo Evangelho e pela Eucaristia, reunida por ele no Espírito Santo, constitua uma Igreja particular” (cân. 369).
- É a Igreja local de uma região geograficamente determinada que está sob o cuidado pastoral de seu próprio Bispo, com seu próprio presbitério.

Arquidiocese
- Entre as dioceses, há algumas que, por sua antiguidade e importância, recebem do Papa o título de arquidioceses (do grego “arché”, significa “princípio”, “início”, “a mais antiga”), geralmente, uma grande Metrópole. 
- Cada arquidiocese, portanto, exerce a primazia sobre as demais dioceses de sua região (Província Eclesiástica).
- As arquidioceses têm cada uma, como autoridade máxima, um arcebispo (ou metropolita), que, sacramentalmente, é um bispo como os demais, porém, por estar à frente de uma arquidiocese, tem também autoridade e precedência de honra sobre os demais bispos de sua província eclesiástica.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!