Índice de criminalidade de agosto teve queda em casos de homicídios e roubos, aponta Segup

Segundo o órgão estadual, a diminuição representa a preservação de 117 vidas

Caio Oliveira

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta segunda-feira, o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), apresentou os índices de criminalidade no mês de agosto de 2019 e destaca redução de 38% nos casos de homicídios registrados no Estado no período de 1º a 31 de agosto, em comparação com o mesmo período de 2018. A diminuição dos índices representa a preservação de 117 vidas, visto que o número de homicídios reduziu de 312 mortes no período, em 2018, para 195 ocorrências este ano. Segundo a segup, Essa é a maior redução registrada nos homicídios, considerando o período de janeiro a agosto, desde 2010.*

Nos casos de roubos, no Pará, houve uma redução de 25%, com 2.241 casos registrados a menos neste ano. Os registros apontam 8.835 ocorrências em 2018 e 6.594 em 2019. Também é a melhor taxa de redução de roubos comparando todos os meses de agosto, desde 2010.

Os números de roubos a transeunte tiveram uma redução de 30%, mantendo os índices de queda nesse tipo de crime, em todo o Pará. Em agosto de 2018 foram registrados 7.556 casos, já em agosto deste ano 5.302 casos, resultando em uma diminuição de 2.254 ocorrências. Já os dados de roubos a veículos apresentaram diminuição de 45%, sendo 475 e 260 casos em agosto dos anos de 2018 e 2019, respectivamente, o que resultou em 215 ocorrências a menos. Os roubos a coletivos tiveram redução de 74%. Nos meses de agosto de 2018 e 2019, o Pará computou 92 e 24 ocorrências, respectivamente, apresentando diminuição de 68 casos.

Mais números - Os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que englobam os crimes de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte demonstraram uma redução de 38% nos casos. Em agosto de 2018 foram 331 ocorrências registradas, enquanto que no mesmo período de 2019 foram 205 ocorrências – 126 crimes a menos.

Dado Acumulado - No comparativo dos números acumulados de 1º de janeiro a 31 de agosto dos anos de 2018 e 2019, no Pará, os registros de homicídio também apresentam redução de 26%. Foram evitadas 686 ações criminosas. Tendo sido computadas, nesse período, no ano passado, 2.589 ocorrências e 1.903, no mesmo período, em 2019.

Em relação ao número de roubos no Estado foram computados 74.515 roubos no ano de 2018, de 1º de janeiro a 31 de agosto. Enquanto que no ano de 2019 essas ocorrências reduziram para 57.043, no mesmo período. Apontando diminuição 23% nas ocorrências de roubos no Pará, ou seja, 17.472 roubos a menos.

Região Metropolitana de Belém

A redução dos registros de homicídios na Região Metropolitana de Belém, no período de 1 a 31 de agosto, comparando os anos de 2018 e 2019, corresponde a 55%. Em 2018, o número de homicídios totalizou 110 e este ano 50, quando 60 vidas foram preservadas.

Os casos de roubos, na RMB, ao comparar o mês de agosto de 2018 e 2019, alcançou uma redução de 29%, com  5.475 registros no ano passado e  3.909  esse ano, o que resultou em 1.566 roubos a menos.

No período de 1º de janeiro a 31 de agosto, ao comparar os anos de 2018 e 2019, a redução do crime de homicídio é de 48%, com 458 mortes a menos. No ano passado, 949 homicídios foram computados e 491 este ano.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!