Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Em quatro meses, PRF efetuou 58 prisões durante fiscalizações de rotina em Santarém

As prisões ocorreram por crimes de alcoolemia, ambientais, tráficos de entorpecentes e cumprimento de mandados de prisão em aberto.

Andria Almeida

Um levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF), com sede em Santarém, apontou que nos últimos quatro meses, de 1º de janeiro a 20 de abril, o órgão já efetuou 58 prisões durante fiscalizações de rotina.

Das 58 pessoas presas, 15 tinham mandados de prisão em seu desfavor, sendo 3 por crimes ambientais, 3 por tráficos de entorpecentes, 8 por alcoolemia - que é quando o motorista dirige sob o efeito de álcool e outras - e 27 por crimes gerais.

Os dados apontam que no mesmo período foram recuperados 25 veículos oriundos de roubos.

De acordo com o chefe da Comunicação da PRF em Santarém, Sidmar Oliveira, de janeiro a abril o órgão também apreendeu diversos quilos de entorpecentes. “Retiramos mais de 14 quilos de drogas das ruas entre crack, maconha e anfetaminas”, destacou.

Operação durante o feriado do Dia de Tiradentes

Para manter a redução do número de acidentes, neste feriado de 21 de abril, a PRF intensificou as fiscalizações e reforçou o efetivo para a ‘Operação Tiradentes’, que conta com o apoio de 200 policiais rodoviários federais.

A operação iniciou à zero hora de quinta-feira (21) nas estradas e rodovias federais do Pará. Serão quatro dias de operação, com encerramento no na noite de domingo (24). As equipes ficarão concentradas em locais e horários de maior incidência de acidentes e crimes.

As ações têm o objetivo de prevenir condutas imprudentes que possam aumentar o risco de acidentes graves ou que agravam lesões das vítimas, como ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade, consumo de álcool e falta de equipamentos de segurança (capacete, cinto de segurança ou cadeiras para o transporte de crianças).

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ