Bombeiros não encontram tripulação e documentos em balsa que atingiu ponte na Alça Viária

Nenhum certificado e nenhuma pessoa foi encontrada após o acidente na ponte Rio Moju

Redação Integrada, com informações da Agência Pará

O Corpo de Bombeiros informou na manhã deste sábado (6) que não foram encontrados nenhum tripulante, certificado ou documento da embarcação que atingiu a ponte Rio Moju, na Alça Viária.

Apesar de ainda não ter sido identificada, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) adiantou que deve acionar judicialmente a empresa proprietária da balsa.

Órgãos da segurança pública do Estado discutem ações para acelerar o resgate das vítimas do acidente, que passavam sobre o trecho que desabou no momento da colisão e estão desaparecidas.

A ponte em questão é a terceira - sentido de saída de Belém - do complexo de quatro pontes da Alça Viária, localizada na rodovia PA-483.

Alternativa para o trânsito

Técnicos da secretarias estaduais também estão reunidos na sede do Corpo de Bombeiros Militar, em Belém, para definir alternativas e garantir o tráfego de veículos que usam a ponte para ter acesso a região metropolitana e demais municípios.

A ponte é conhecida por sofrer constantes choques de embarcações, e estava recebendo reparos há cerca de dois meses.

Leia mais:

- Desaba trecho com 300 metros de ponte na Alça Viária sobre o rio Moju

- Procura por balsas aumenta e Avenida Bernardo Sayão vira o caos

- Governo decreta estado de emergência devido à queda de ponte no Rio Moju na Alça Viária

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!