Testes em massa explicam baixo índice de mortes por coronavírus na Alemanha, diz virologista

Alemanha realizando 'números extremamente altos' de testagem, com média de cerca de 500 mil por semana

Reuters

O número relativamente baixo de mortes na Alemanha pelo novo coronavírus se deve em boa parte à ampla quantidade de testes realizados no país, o que significa que as autoridades estão mais cientes das infecções, incluindo as mais leves, disse um importante virologista.

Falando no lançamento de uma aliança apoiada pelo governo para promover a pesquisa sobre o vírus, Christian Drosten --um pesquisador em virologia de Berlim-- afirmou nesta quinta-feira (26) que a Alemanha está realizando "números extremamente altos" de testes, com média de cerca de 500 mil por semana.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!