Qual a área da Palestina e por que ela não é reconhecida como um Estado?

Por falta de apoio internacional, principalmente de potências como os Estados Unidos, Palestina não é reconhecida como um país pelas Nações Unidas

O Liberal
fonte

Mais de 70% dos membros da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) reconhecem a Palestina como um Estado, mas, por falta de apoio internacional, principalmente de potências como os Estados Unidos, ela não é reconhecida como um país pelas Nações Unidas.

O atual status é de um "Estado observador não membro", desde o final de 2012. Antes disso, a Palestina era considerada uma "entidade observadora". Por essa falta de reconhecimento, o governo dos territórios é hoje exercido por meio da Autoridade Nacional Palestina (ANP).

A mudança de patamar permitiu que os palestinos participassem de debates da Assembleia Geral e aumentassem as possibilidades de adesão às agências da ONU e a outros órgãos. Porém, a votação não criou o Estado palestino de fato.

Quais países reconhecem a Palestina?

Atualmente, entre o G20, grupo dos países mais ricos do mundo, nove reconhecem a Palestina como um Estado. São eles:

  • Argentina
  • Brasil
  • China
  • Índia
  • Indonésia
  • Rússia
  • Arábia Saudita
  • África do Sul
  • Turquia

Por outro lado, 10 não reconhecem:

  • Austrália
  • Canadá
  • França
  • Alemanha
  • Itália
  • Japão
  • Coreia do Sul
  • México
  • Reino Unido
  • Estados Unidos

Como funciona a criação de um país?

Para que uma nação seja criada, o processo é complexo. No caso palestino, mais ainda, já que existe um conflito com Israel que se estende por 75 anos.

VEJA MAIS

image Espanha, Irlanda e Noruega reconhecem Palestina como Estado; Israel reage e convoca embaixadores
Anúncio foi feito nesta quarta-feira (22.05)

image Em ato do Dia do Trabalhador, Edmilson defende palestinos: 'assassinato de 34 mil pessoas'
Prefeito participou de um movimento na Praça da República e aproveitou o momento para criticar ações de Israel na Faixa de Gaza

image Protestos pró-Palestina provocam confrontos e aumentam a tensão em universidades dos EUA
Depois da invasão de manifestantes ao prédio da Universidade de Columbia, em Nova York, houve confronto na Universidade da Califórnia em Los Angeles, a UCLA, nesta quarta-feira (1º)

Segundo especialistas em direito internacional, existem quatro fatores principais de um Estado: um povo, um território, um governo e a capacidade de conduzir relações com outros Estados com soberania.

  • Povo

Embora a definição de povo seja muito contestada, alguns estudiosos argumentam que significa uma população permanente com um conceito e crença na sua própria nacionalidade.

  • Território

Outro elemento essencial é que os Estados tenham um território definido, ou seja, uma área dentro das fronteiras, na qual sejam soberanos. Não é o caso da Palestina, que é um território não contínuo localizado na região do Oriente Médio, abrangendo a Faixa de Gaza e áreas nos limites da Cisjordânia.

  • Governo

Também é um critério de condição de Estado citado por muitos um governo estável e eficaz. Subjacente a isto está o entendimento de que um Estado soberano não depende nem está sujeito a qualquer outro poder ou nação.

  • Relações

E há ainda um elemento-chave, que é a capacidade de conduzir relações com outros Estados.

Por que a Palestina não é um Estado?

Apesar de os países poderem reconhecer-se uns aos outros, o grande "prêmio" é o reconhecimento como Estado pelas Nações Unidas. Isso nunca aconteceu no caso palestino, e para isso precisaria de apoio internacional.

Além disso, um fator complicador na criação de um país é que, para um território se tornar um novo Estado, outro país já existente precisa perder parte de seu território. Isso significa que Israel teria que aceitar a criação de um Estado palestino.

Quais são as características da Palestina?

Hoje, a capital do país seria Jerusalém Oriental, conforme reivindicação da Palestina. O status é disputado por Israel e também na comunidade internacional. Já a sede administrativa da Autoridade Nacional Palestina está situada em Ramallah. Confira mais detalhes:

  • Governo: república parlamentarista (governo provisório)
  • Área territorial: 6.020 km² (ONU, 2020)
  • População: 5.154.173 habitantes (Escritório Central de Estatísticas da Palestina, 2020)
  • Densidade Demográfica: 857 habitantes/km²
  • Clima: mediterrâneo (Gaza) e tropical semiárido (Cisjordânia)

Qual é a área da Palestina?

A Palestina é uma região localizada no Oriente Médio. Seu território atual não possui continuidade física, estando dividido entre duas áreas distintas. Os territórios palestinos são divididos em áreas administrativas ou cidades. São 16 no total; veja:

Faixa de Gaza:

  • Gaza do Norte
  • Gaza
  • Deir al-Balah
  • Khan Yunis
  • Rafah

Cisjordânia:

  • Hebron
  • Jerusalém
  • Jericó
  • Belém
  • Jenin
  • Nablus
  • Calquília
  • Ramallah
  • Salfit
  • Tubas
  • Tucarém
Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Mundo
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO