Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Presidente da Colômbia envia reforços a Cali após novos confrontos na região

Grupos de civis armados dispararam contra manifestantes que integram um movimento indígena

Redação Integrada, com informações do G1

Oito pessoas ficaram feridas em confrontos motivados pela greve geral na Colômbia neste domingo (9). Grupos de civis armados dispararam contra manifestantes que integram um movimento indígena, que protestava contra o governo do presidente Iván Duque.

Segundo a imprensa local, todos os feridos são indígenas e, dentre os oito feridos, três estão em estado grave. Bloqueios provocam escassez de produtos e suprimentos na região, o que aumentou a tensão na terceira maior cidade da Colômbia, com 2,2 milhões de habitantes.

O presidente Iván Duque autorizou o envio de reforços para a Força Pública “para garantir a ordem pública na cidade e proporcionar tranquilidade à população”, e ordenou o deslocamento da equipe liderada pelos ministros da Defesa, Diego Molano, e do Interior, Daniel Palacios. Ele também decretou medidas de restrições à mobilidade de circulação e lei seca na região.

O Exército Nacional garantiu que possui 2.100 homens destacados e mais 10 mil homens da Polícia Nacional para garantir o restabelecimento da segurança na região.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO