Menina de 3 anos morre de fome após mãe viajar para visitar o namorado

A menina Noa morreu de fome e desidratação severa após ficar oito dias sozinha em casa

Redação Integrada com informações de Japan Times

Saki Kakehashi foi presa por ter deixado a filha, Noa, sozinha em casa por oito dias enquanto ela visitava o namorado, que estava a mais de 900 quilômetros. A menina, de três anos, morreu de fome. A mulher foi levada pela polícia de Tóquio, Japão, na última terça-feira, 7.

A mãe, de 24 anos, confessou as acusações e disse que rotineiramente tinha negligenciado e abusado da filha, de acordo com a polícia.

Um amigo de Saki disse à polícia que ela “tinha deixado a casa por vários dias ou voltado tarde da noite, deixando a filha desacompanhada”, afirmou um investigador.

A autópsia revelou que a menina Noa morreu de fome e desidratação severa.

A mãe a deixou sozinha por oito dias em junho. Ela disse às autoridades policiais que não esperava que a filha fosse morrer, que pensou que “estaria tudo bem” deixar a criança sozinha no apartamento. As duas moravam sozinhas desde julho de 2017, após o divórcio de Saki com o pai de Noa.

Quando voltou da viagem, em 13 de junho, a mulher fez uma ligação de emergência dizendo que a filha não estava respirando. A menina foi declarada como morta no hospital.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!