Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Influencer é condenado a seis anos de prisão após matar namorada em live

O russo teria recebido o equivalente a R$ 5,2 mil para infringir abuso na internet

Redação Integrada, com informações do Extra

O russo Stanislav Reshetnikov, de 30 anos, conhecido como ReeFlay, foi condenado a seis anos de prisão pela morte da namorada, Valentina Grigoryeva, de 28, durante uma live no fim de 2020. Na transmissão, o youtuber deixou a moça de calcinha e sutiã na varanda do seu apartamento, em temperatura abaixo de zero. Inicialmente, acreditava-se que ela tinha morrido de hipotermia, mas a autópsia revelou que a causa do óbito foram "lesões na cabeça".

No julgamento, ReeFlay testemunhou que no dia da morte havia batido várias vezes na cabeça da namorada, disse uma fonte da polícia. Durante as audiências do caso, a mãe do influencer chegou a dizer que ReeFlay era "uma pessoa muito boa que não machucaria nem um gato".

ReeFlay chegou a fazer a transmissão mostrando ao fundo o corpo de Valentina jogado em um sofá do apartamento onde morava. Ele filmou a si mesmo arrastando a namorada por um corredor até o sofá. Antes da tragédia, ReeFlay chamara a namorada de "prostituta" e "fedorenta".

"Valya, você está viva? Minha coelhinha, o que há com você? Valya, Valya, droga, você parece que está morta! Coelhinha, por favor, diga alguma coisa!", disse Stanislav na live. Depois, ele se virou para a câmera e completou, assustado: "Companheiros, sem pulsação. Ela está pálida. Não está respirando."

Torturas contra Valentina não eram incomuns para ReeFlay. Em outra live, ele chegou a atacar Valentina com spray de pimenta para satisfazer os seus seguidores. O russo teria recebido o equivalente a R$ 5,2 mil para cometer abuso contra a namorada durante uma live, de acordo com o site "Baza".

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO