Idoso dado como morto é resgatado vivo após um dia em freezer de funerária

O homem de 74 anos esteve doente nos últimos dois meses, com doenças relacionadas à idade, e estava morando com seu irmão mais novo, de 70 anos

Redação Integrada com informações de Hindustan Times

Um senhor de 74 anos foi dado como morto e mantido em um freezer até ser resgatado um dia depois, na terça-feira (13) após ter sido encontrado vivo. O caso aconteceu no estado de Tamil Nadu, no sul da Índia, e foi divulgado pela polícia local na quarta-feira (14).

Balasubramanyam Kumar esteve doente nos últimos dois meses, com doenças relacionadas à idade, e estava morando com seu irmão mais novo, Sarvanan, de 70 anos.

De acordo com oficiais da delegacia de polícia, quando Sarvanan tentou acordar seu irmão mais velho na noite de segunda-feira (12), ele não respondeu, apesar das várias tentativas. Não vendo nenhuma resposta de Kumar, o homem imaginou que seu irmão, que já estava doente, estivesse morto e pediu a uma empresa de serviços funerários que guardasse o corpo em um freezer. Ele ligou para vários parentes para avisar sobre a perda e sobre os últimos rituais planejados para o dia seguinte.

Quando os funcionários da funerária vieram buscar o freezer, na terça-feira antes do funeral, os funcionários viram que as mãos de Kumar estavam se movendo e deu um alarme. No entanto, Sarvanan afirmou que isso foi devido a "ataques" que seu irmão teve e disse que o movimento deve ter sido devido à "alma não ter deixado o corpo".

Depois que a polícia foi informada, a empresa imediatamente transferiu Kumar para um hospital próximo, onde ele estaria se recuperando. Um oficial da delegacia de polícia local afirmou que "parece que isso não foi feito deliberadamente e o irmão mais novo de 70 anos, Sarvanan, também não parece ter todo o juízo sobre ele".

A polícia registrou um caso como conduta que coloca vidas humanas em risco e coloca em risco a segurança pessoal de terceiros, e está investigando o ocorrido.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!