Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Guerra na Ucrânia: ataque gera vazamento de nitrato de amônio; veja o vídeo

A substância é a mesma que causou uma catástrofe em Beirute, no Líbano, em 2020

Karoline Caldeira

Nesta quarta-feira (11), na cidade de Sloviansk, no leste da Ucrânia, um bombardeio causou vazamento de nitrato de amônio. Essa é a mesma substância que já gerou inúmeras catástrofes, como a explosão no porto de Beirute, no Líbano, em 2020.

Após a constatação do vazamento da substância, autoridades da cidade de Sloviansk pediram para que moradores não saíssem de casa, entretanto, também disseram que não há riscos para a população.

VEJA MAIS

'Esse cara (Zelensky) é tão responsável quanto o Putin. Porque numa guerra não tem apenas um culpado
LULA, ao responsabilizar o presidente da Rússia, Vladimir Putin, o presidente da Ucrânia, Volodmir Zelensky, a União Europeia e os Estados Unidos pela guerra em curso na Ucrânia

Resolução aprovada pela OMS pode levar à suspensão das atividades da Organização na Rússia
Medida teve 43 votos a favor, duas abstenções e três votos contra (Rússia, Bielorrússia, Tajiquistão)

Presidente da Rússia, Vladimir Putin compara guerra na Ucrânia à vitória sobre nazistas
Declaração foi dada durante o ‘Dia da Vitória’, que marca a rendição da Alemanha Nazista durante a 2ª Guerra Mundial

Com as explosões, uma densa fumaça alaranjada se formou sobre a região. Imagens divulgadas por moradores mostram o momento. Confira:

Outro acidentes

Várias catástrofes pelo mundo já ocorreram devido ao vazamento e armazenamento incorreto do nitrato de amônio. Em 1947, no estado do Texas, nos Estados Unidos, um navio cargueiro que vinha da França transportando 2.086 toneladas de nitrato de amônio explodiu e causou a morte de 581 pessoas.

Outra tragédia com a substância ocorreu em 4 de agosto de 2020 no porto da cidade de Beirute, no Líbano, deixando mais de 100 pessoas mortas e 5.000 feridas.

(Estagiária Karoline Caldeira, sob supervisão do editor executivo de OLiberal.com, Carlos Fellip)

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO