Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Filho mumifica mãe morta para continuar recebendo benefícios previdenciários

Idosa recebia o pagamento pelos correios e só teve a morte descoberta por conta da curiosidade de um carteiro

O Liberal

Um homem de 66 anos foi preso pela polícia austríaca nesta quinta-feira (9) depois de ter confessado que havia mumificado o corpo da mãe, falecida há mais de um ano, para poder continuar usufruindo do pagamento da previdência que ela recebia. O caso aconteceu em em Innsbruck, na região do Tirol, e foi destaque no jornal britânico The Guardian. As informações foram divulgadas pelo portal Extra Online.

A idosa faleceu em julho do ano passado, aos 89 anos. Desde então, o filho sempre arrumava alguma desculpa para justiticar a ausência da mãe. O próprio irmão do suspeito chegou a visitar a casa e perguntar por ela, que já estava morta. E recebeu do acusado a informação de que a mesma estaria em um hospital. Ao longo de mais de um ano, ele embolsou 50.000 euros (o equivalente a mais de R$ 300 mil) com a fraude.

O crime só foi descoberto porque um carteiro que fazia a entrega dos valores pediu para ver a beneficiária dos pagamentos, feito mensalmente por meio dos correios. Em depoimento na polícia, o acusado contou que congelou o corpo da mãe no porão de sua casa, assim que ela morreu, para evitar que o cadáver exalasse mau cheiro. Depois, envolveu o corpo em bandagens para absorver os fluídos corporais.

"Ele cobriu o corpo da mãe com areia de gato e, finalmente, o cadáver foi mumificado", explicou Helmut Gufler, da unidade que investiga fraudes previdenciárias na polícia austríaca. Apesar dos crimes de fraude previdenciária e ocultação de cadáver, pelos quais o acusado devera responder, a polícia descarta a hipótese de que el tenha matado a própria mãe. 

Palavras-chave

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO