Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Covid-19: bebês acima de 6 meses já podem tomar vacina nos EUA

O início da imunização do grupo ainda depende de aprovação. Órgão americano se reúne neste fim de semana

Carolina Mota

Foi autorizada, nesta sexta-feira (17/06), a vacinação de crianças entre 6 meses e 5 anos contra a covid-19, pelo FDA, órgão americano similar à Anvisa. A decisão é válida para as vacinas da Pfizer e Moderna, desenvolvidas com tecnologia RNA. As informações são do Metrópoles.

VEJA MAIS

Estudo mostra que vacina da Pfizer é eficaz em crianças com menos de 5 anos
Se liberado, os imunizantes poderão começar a ser aplicados na próxima semana

Covid-19: 28 milhões de vacinas podem vencer; valor do prejuízo será $ 1,23 bilhões
Nesta quarta-feira (15), o Ministro do Tribunal de Contas da União, Vital do Rêgo, determinou que o Ministério da Saúde adote ações para evitar o prejuízo

Covid-19: Vacina de spray nasal pode ser o 'fim da pandemia'; saiba como funciona
O imunizante atuará diretamente na porta de entrada do vírus, impedindo a contaminação e principalmente, a transmissão do agente causador da doença

O início da imunização ainda precisa receber o aval do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e neste fim de semana, uma reunião está prevista para ocorrer a fim de debater os dados dos testes clínicos das duas farmacêuticas norte-americanas.

“Aqueles que cuidam de crianças podem ter confiança na segurança e eficácia dessas vacinas contra a covid-19 e podem ter certeza de que a agência foi minuciosa em sua avaliação dos dados”, informou o encarregado da FDA, Robert Califf.

A Casa Branca informou que a imunização das crianças pode começar já na próxima semana.

Carolina Mota, Estagiária da Redação, sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO