Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cerca de 27 pessoas desapareceram no Mar da China Meridional após tufão

Uma embarcação de engenharia estava a 160 milhas náuticas a sudoeste de Hong Kong quando foi atingida pela tempestade, e foi partida ao meio

Patrícia Baía

O tufão Chaba formou-se no centro do Mar da China Meridional e atingiu a costa da província de Guangdong, no sul do país. Uma embarcação de engenharia estava a 160 milhas náuticas a sudoeste de Hong Kong quando foi atingida pela tempestade, e foi partida ao meio. Vinte e sete tripulantes estão desaparecidos. O anunciou foi feito serviço de apoio aéreo do governo de Hong Kong.

VEJA MAIS

Filipinas declaram estado de calamidade devido a tufão
Rai matou centenas de pessoas na semana passada

Furacão Agatha provoca danos na costa do Pacífico do México
O furacão de categoria 2 foi rebaixado a depressão tropical nesta terça-feira

Navio que naufragou em Barcarena terá nova tentativa de verticalização nesta quinta-feira (30)
A última manobra realizada foi em março de 2022. O navio já está naufragado desde 2015, no Porto de Vila do Conde

A ajuda foi enviada ao local depois de receber a notificação por volta das 7h25 (20h25 de sexta-feira no horário de Brasília). Três dos 30 tripulantes foram resgatados às 15h00, horário local, e levados ao hospital, disseram as autoridades.

Imagens divulgadas pelo governo são impressionantes e mostram uma pessoa sendo resgatada quando as ondas batem no convés do navio semi-submerso.

De acordo com os sobreviventes , outros membros da tripulação podem ter sido arrastados pelas ondas antes da chegada do primeiro helicóptero de resgate. 

O tufão Chaba formou-se no centro do Mar da China Meridional e atingiu a costa na tarde de sábado na província de Guangdong, no sul do país.

De acordo com as autoridades locais, onde o navio estava foram registrados ventos de 144 quilômetros por hora e ondas de até dez metros de altura. As equipes de resgate vão expandir a área de busca por causa do número de pessoas desaparecidas.

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO