Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Barco turístico ignora aviso, parte e afunda, deixando dez mortos e 16 desaparecidos

Operador de outra embarcação havia aconselhado que não partissem devido ao mau tempo

O Liberal

Após um barco turístico naufragar nas águas geladas e agitadas do norte do Japão no sábado (23), foram contabilizadas dez pessoas mortas e 16 desaparecidas pela Guarda Costeira neste domingo (24). As informações são da AFP.

"Confirmamos a morte de dez pessoas encontradas após o naufrágio do barco Kazu I", informou à AFP um porta-voz da Guarda Costeira, que especificou que as buscas pelos desaparecidos continuam.

As dez vítimas são sete homens e três mulheres.

O Kazu I zarpou na manhã de sábado com 26 pessoas a bordo, apesar do mau tempo previsto, para um passeio pela península de Shiretoko, local declarado Patrimônio da Humanidade por sua natureza intocada a nordeste da grande ilha japonesa de Hokkaido, no norte do Japão.

"Era óbvio que a situação do mar iria piorar e eu disse a eles para que não saíssem", declarou o operador de outro barco turístico à rede de televisão NHK. "Apesar de tudo, eles saíram".

O Kazu 1 enviou um pedido de socorro às 13h15 (3h15 de Brasília) de sábado e avisou que estava afundando, com uma parte inclinada a 30 graus.

A Guarda Costeira só chegou ao local do naufrágio depois de três horas e agora participa nas buscas com o apoio de helicópteros policiais e militares e embarcações de pesca locais.

Palavras-chave

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO