Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Médico é acusado de oferecer sexo para 'curar' infecção em pacientes

O homem teria cometido o crime e enganado várias mulheres com a suposta ‘salvação do câncer’

O Liberal

Um ginecologista chamado Giovanni Miniello, de 60 anos, está sendo investigado após acusações de oferecer sexo para “curar” pacientes. O homem foi alvo de uma “estratégia” feita por um programa de TV italiano, que desmascarou a farsa e ajudou a encontrar outras vítimas do suspeito em Bari, cidade no sul da Itália, onde o caso aconteceu. As informações são do UOL.

Uma paciente, de 33 anos, procurou o médico depois de enfrentar dificuldades para engravidar. Na consulta, Giovanni afirmou que ela estaria infectada com HPV, o vírus do papiloma humano, infecção sexualmente transmissível que pode causar câncer e impedir gestações. Apesar dos exames da mulher não apontarem o problema, o suspeito disse que iria ajudá-la e se ofereceu para fazer sexo com ela em troca da cura.

Após receber a oferta, a mulher procurou a produção de um programa de TV para denunciar o caso. A equipe então montou uma forma de pegar o acusado e colocou uma atriz para se passar por uma paciente. O médico fez a mesma proposta e marcou um local para se encontrar com ela. No momento do flagra, Giovanni estava seminu em um quarto de hotel e, ainda assim, afirmou que "estava fazendo aquilo por seus estudos e pelas outras pessoas que já salvou".

Ele ainda insistiu na alegação: "Todas aquelas com quem eu tive contato tiveram (exames) negativos depois", falou o suspeito. Assustando a todos, ele ainda disse que sexo com um homem "vacinado", como ele, daria a ela "imunidade", defendendo, ainda, que não deveria usar camisinha para a vítima poder receber os "anticorpos". 

Desde a exibição do quadro, outras 15 mulheres já vieram a público dizer que também receberam a oferta do "sexo milagroso" ao visitar a clínica do profissional.

Palavras-chave

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO