Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Segup se posiciona a respeito de briga nos arredores do Baenão no jogo entre Remo e Goiás

Secretaria de Segurança Pública ainda detalhou qual é o efetivo utilizado no dia das partidas

O Liberal

O final da partida entre Remo e Goiás, realizada na segunda-feira (15), foi marcada pela confusão de torcedores dentro e fora do Baenão. A Polícia Militar precisou entrar em ação para conter algumas pessoas que brigavam nos arredores do estádio e também tentavam fazer o mesmo na parte interna logo após a derrota do Remo por 1 a 0 para o Goiás pela 36ª rodada da Série B.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) para saber se para os próximos jogos na capital paraense serão tomadas algumas providências.

Por meio de nota, a Segup detalhou que mais de 200 agentes das forças de segurança do estado e município atuam dentro e nas imediações do local da partida, com reforço em dia de jogos. Foi o que ocorreu na última segunda-feira. Ainda foi informado que está monitorando e identificando os torcedores que atuam de forma inadequada dentro e fora dos estádios.

“A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) informa que são realizadas constantemente reuniões, juntamente com os órgãos de segurança do Estado e Município, assim como, com os representantes dos times e da Federação Paraense de Futebol, para a avaliação e execução do planejamento estratégico e operacional a serem executados nos dias das partidas de futebol. A Segup informa ainda que mais de 200 agentes das forças de segurança Estadual e Municipal atuam no local e imediações do local da partida, no reforço do policiamento nos dias de jogos. A Segup Informa também que a Secretaria de Inteligência e Análise Criminal (Siac) trabalha em conjunto a fim de identificar torcedores que possuam conduta inadequada nos estádios ou fora deles responsáveis por cometimentos de crimes de violência física ou mesmo contra honra. Por questões estratégicas, o detalhamento do trabalho não pode ser informado”, afirmou.

Veja mais

Goiás protocola denúncia contra o Remo no STJD por gritos homofóbicos e confusão de torcedores no Baenão O Esmeraldino se queixou as ofensas dirigidas ao atacante Nicolas, ex-Paysandu, e também da briga que ocorreu no final da partida de segunda-feira pela 36ª rodada da Série B

VÍDEO: Polícia dispersa briga entre torcedores do Remo após derrota pela Série B Torcedores que estavam saindo do Baenão voltaram para as arquibancadas para se proteger. Houve uso da cavalaria, spray de pimenta e tiros de armas de baixa letalidade

Agenda

O próximo compromisso do Remo será longe de Belém. Na sexta-feira (19), às 19 horas, em São Januário, Rio de Janeiro (RJ), o Leão encara o Vasco pela 37ª rodada da Série B. Na 16ª posição, com 41 pontos, o jogo vale a permanência do time azulino na competição.

Depois, retorna para Belém para disputar, na quarta-feira (24), às 20h30, no Baenão, a partida de volta das quartas de final da Copa Verde contra o Manaus.

No domingo (28), às 16 horas, o Remo tem o último jogo da Série B de 2021. A partida será contra o Confiança, também no Baenão.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES