Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Inspirado em ídolo remista, novo atacante do Remo busca espaço em seu maior desafio na carreira

Atacante Neto Pessôa bateu um papo com sócios-torcedores do Leão

O Liberal

O Remo acertou a contratação do atacante Neto Pessôa, de 27 anos, que estava disputando a Série C pelo Mirassol-SP. Nortista e natural do Acre (AC), o jogador chega ao clube azulino se espelhando no ex-jogador e ídolo da torcida azulina “Rei Artur”.

Em uma ação com os sócios-torcedores do Remo, Neto Pessôa bateu um papo sobre a carreira, a motivação de ter acertado com o Leão e os planos na sua primeira disputa da Série B.

“A tradição, a grandeza do Remo fizeram eu aceitar jogar no Remo. Sou do Acre (AC), sou do Norte e conheço o Remo e a sua torcida apaixonada. Isso me motivou, estava muito bem no meu antigo clube, mas por se tratar do Remo, não tinha como recusar”, disse.

Assista:

O jogador planeja voos maiores no Leão, que atualmente luta para se afastar da zona de rebaixamento, porém, deixa claro que se der para buscar uma vaga na elite, vai com tudo atrás desse sonho.

“É a primeira Série B que eu jogo, pretendo fazer uma grande final de competição, pois o Remo merece por sua torcida e tradição, mas sempre pensando em algo mais, quero crescer e se der para beliscar uma vaga no G4 vamos buscar também”, falou.

Ídolo e espelho

Campeão com o Remo, ajudou a levar o clube paraense à elite do futebol nacional em 1992, retornou para encerrar a carreira e já foi treinador do Leão. O ‘Rei Artur’ é conterrâneo de Neto Moura, o jovem atleta se espelha na história do ex-jogador e busca fazer história com a camisa azulina.

 “O Rei Artur já foi meu treinador. Ele é muito famoso no nosso estado, sei da história grandiosa que ele possui no Remo. Ele é um espelho muito grande, se ele fizer um pouco que ele fez aqui, já estarei muito feliz”, disse.

Características

Neto Pessôa citou como prefere atuar na equipe do técnico Felipe Conceição. O jogador explicou, falou que atua de diversas funções e enumerou algumas de suas características.

“Sou um jogador bem versátil, no Botafogo-SP [seu antigo clube] estava jogando pelos lados e no Remo fui contratado para ser um centroavante. Tenho uma boa mobilidade, velocidade, sou canhoto com chutes de média e longa distância, além da bola área, já fiz três gols nesse ano dessa forma”. Comentou.

Desafio

Com passagens por vários clubes do Acre, além de ABC-RN, Náutico-PE e Ypiranga-RS, Neto Pessôa garante que o Remo é um dos principais desafios da carreira e que pretende retribuir a confiança da diretoria dentro de campo.

“O maior desafio estava há quatro anos na Série C, conquistei o acesso com o Náutico em 2019, mas não fiquei na equipe e no ano seguinte fui para o Ypiranga-RS. Depois assinei com o Botafogo-SP. Agora abriu essa porta de disputar a Série B, era algo que eu planejava na minha carreira e eu vou lutar e buscar o melhor”, finalizou.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES