Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Há 109 anos, o Clube do Remo entrava em campo pela primeira vez em sua história; saiba mais

O dia 21 de abril marca a data da estreia do então Grupo do Remo, que nasce como esporte das águas, mas logo migra para os gramados, onde segue à risca a alcunha de 'Filho da Glória e do Triunfo'

Luiz Guilherme Ramos

Há exatos 109 anos, entrava em campo para um amistoso em homenagem ao feriado nacional de Tiradentes, uma das agremiações mais longevas do futebol nacional. Foi o empate em 0 a 0 contra o Guarany Futebol Clube, realizado no campo da praça Floriano Peixoto, em São Brás, que deu início à trajetória futebolística do Clube do Remo. Mais de um século depois, o Filho da Glória e do Triunfo continua vivo e pulsante, figurando entre os maiores expoentes do futebol amazônico.

O marco inicial da história azulina, no entanto, começa alguns anos antes, mais precisamente nas águas da baía do Guajará, em 1905. À época, o Remo era o esporte mais praticado na então elitizada capital paraense, que vivia os reflexos do luxo e da riqueza produzida pela Belle Époque, como ficou conhecido o período econômico baseado na extração e exportação do latex, a matéria prima mais valiosa da época.

Em 5 de fevereiro de 1905 nasce o Grupo do Remo, formado a partir de uma dissidência no Sport Club do Pará, liderada por sete jovens: Victor Engelhard, Raul Engelhard, José Henrique Danin, Eduardo Cruz, Vasco Abreu, Eugênio Soares e Narciso Borges. Pouco tempo depois, em 1908, uma crise instaurada na gestão do grupo provocou a extinção do mesmo, que só foi revertida em 1911, quando ocorre a famosa ‘reorganização’ azulina, que tempos depois, mais precisamente em 1913, faz sua estreia no futebol, como lembra o benemérito e historiador do clube, Orlando Ruffeil.

"Em 15 de agosto de 1911, o Oscar Saltão reuniu um grupo de associados e amigos e reorganizou o grupo do Remo. A importancia maior não é nem a fundação, mas a reorganização. A partir dai, o clube começou a disputar todas as modalidades esportivas, inclusive o futebol", lembra Ruffeil. 

Primeiro time do Clube do Remo, datado de 1913. (Ferreira da Costa)

A primeira formação remista contou com Bernardino; Valrreman e Eurico; Dudu, Aimeé e Mamede; Galdino, Mário, Antonico, Dudu e Rubilar. Uma curiosidade da época é sobre o uniforme, que desde o início adota o azul marinho e branco. Entretanto, a disposição das cores mudou bastante em relação ao início, segundo explica o benemérito. "A principio, o Remo usaria camisa toda azul, inspirada em um clube de Londres. Quando começou a formar o time, eles pensaram na camisa azul e branca com listras horizontais. O primeiro jogo foi assim. Só que depois o Remo mudou para camisa toda azul marinho", conta.

Embora a estreia tenha sido com um empate, não tardou para os azulinos triunfarem em campo. No dia 13 de maio do mesmo ano, contra o mesmo adversário, o Remo enfim venceu, pelo placar de 4 a 1, tendo o primeiro gol da história remista sido marcado por Rubillar. O embalo daquele time só cessou quando levantou a taça de Campeão Paraense invicto, no mesmo ano, conforme o frisa o historiador, com participação decisiva do primeiro autor de gol do Clube do Remo.

Cordão dos Onze, reorganizadores do Grupo do Remo, em 1911. (Arquivo Clube do Remo)

“O Rubillar foi um atleta emérito, um atleta festejado e importante. No primeiro Re x Pa, que foi em 14 de junho de 1914, ele fez um gol olímpico contra o Paysandu, vencendo aquele jogo por 2 a 1. O neto dele, Carlos Duarte Reimão, atleta de natação do Remo, bateu recordes da travessia da baia do Guajará. São pessoas muito ligadas à história do clube", arremata.

O título de 1913 foi seguido por outras seis conquistas, conferindo aos azulinos, no início de sua história, o primeiro heptacampeonato paraense que se tem registro. "Inclusive, existe um detalhe muito importante. No ano em que o Paysandu foi fundado, o Remo foi campeão estadual com 100% de aproveitamento. Pouca gente sabe, mas a campanha 100% de 2004 não foi a primeira. A primeira foi em 1914, ano de fundação do maior rival", finaliza.  

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES