Diretor do Remo desconsidera término prematuro do Paraense e cutuca o Paysandu

Campeonato Paraense seguiu orientação mundial e paralisou por conta da pandemia

Carlos Fellip

A pausa no Campeonato Paraense por conta da pandemia do novo coronavírus levantou projeções e, principalmente, especulações em torno do futuro da competição. Entre as opções mais extremistas, estão o término do certame com aclamação de título ao Paysandu (atual líder geral) e a anulação completa da disputa.

O cenário foi comentado pelo diretor de futebol do Clube do Remo, Dirson Neto, que rebateu completamente uma validação do título do estadual neste momento. "Não tem nem sentido proclamar o Paysandu campeão. Inclusive, não tem sentido nem em pensar em título num momento tão delicado como este que estamos vivendo", declarou.

Perguntado sobre a anulação do campeonato, Dirson comentou: "Estamos parados. Até porque não sabemos a situação que será para frente. Alguns clubes não vão conseguir por conta da situação financeira. Alguns já desfizeram do elenco. Esses  são praticamente impossível. Mas em que ter uma saída".

Até a paralisação, o Remo estava em segundo lugar, com 17 pontos e a dois de alcanar o líder Paysandu. Na nona rodada, que foi adiada do último final de semana por prazo indeterminado, o Leão receberia o Águia, no Baenão, em Belém.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES