Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Designer mineiro que faz estádios por encomenda recria Re-Pa na Curuzu em videogame; vídeo

Arthur Viana, que fez o Vovô da Cidade à pedido de um torcedor, explicou o processo de modelagem de estádios. Além disso, ele falou sobre o futebol do Norte e o maior clássico do Pará.

Caio Maia

O vídeo de uma recriação do clássico Re-Pa no game Pro Evolution Soccer viralizou nas redes sociais na última semana. A partida digital, que teve como palco o estádio da Curuzu, chamou a atenção dos torcedores, sobretudo os bicolores, pelo nível de detalhes contidos na recriação do Vovô da Cidade. Apesar de se parecer tanto com o estádio de Belém, a modelagem do campo de jogo foi feita a mais de 2,7 km de distância, em Belo Horizonte. Quem criou a Curuzu digital foi o designer Arthur Viana, de 24 anos.

Em conversa com Núcleo de Esportes de O Liberal, Arthur conta que vive da criação de estádios para o game e criou a Curuzu sob encomenda para um torcedor do Papão. Além do estádio do Bicola, ele diz que já recriou no game as casas do Grêmio, América-MG e Madureira.

"Eu recebo quase todos os dias pedidos para criar algum estádio específico para as pessoas, e foi uma pessoa que torce para o Paysandu que me pediu. Para fazer o estádio, vou Google Imagens, tiro uma foto do satélite de cima, e vou modelando por cima desse registro", explica.

Vovô da Cidade foi recriado por designer mineiro (Divulgação/ Arthur Viana)

Arthur conta que, desde criança, sempre foi apaixonado por futebol e videogames. No entanto, ele diz que não se contentava em apenas jogar, mas em personalizar o próprio universo digital. Por conta disso, ele aprendeu, por meio de fóruns da internet, a manusear ferramentas de modelagem gráfica e aplicar isso à realidade dos jogos.

Apesar da repercussão que o vídeo ganhou entre os torcedores do Paysandu, Arthur disse que conhece pouco do futebol do norte do país. Apesar disso, o designer afirma que teve que assistir a algumas partidas do Bicola para poder desenhar o projeto do estádio digital, além de estudar sobre as torcidas organizadas do Papão.

"No caso do estádio do Paysandu eu vi uns três vídeos, mas usei bastante as fotos que tem no Google. Além disso, tive que pesquisar muito, principalmente sobre as torcidas organizadas que levam faixas para o estádio. Conheço pouco do futebol do Norte, mas cresci ouvindo meu pai dizer que um Re-Pa lotaria cinco Maracanãs", disse.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES